Gio Ewbank lamenta racismo contra a filha: “Uma crueldade” - WSCOM

menu

Entretenimento

09/09/2018


Gio Ewbank lamenta racismo contra a filha: “Uma crueldade”

Foto: autor desconhecido.

Engajada em causas sociais, Giovanna Ewbank voltou a falar sobre casos de racismo. Mãe da pequena Titi, a loira afirmou que tem lutado cada vez mais contra esse tipo de preconceito.

“É a missão da nossa vida, que tentamos levar para as pessoas que não enxergam. A gente sempre soube que o racismo existia, mas não tínhamos a dimensão da crueldade que é o dia a dia do racismo.  Só fomos saber quando viramos pais de uma criança negra, quando tomamos isso para nós”, ressaltou à revista “29Horas”.

Apesar de não sofrer na pele a discriminação, a famosa confessou que sente muito pela herdeira – que já foi atacada pela socialite Day Mccarthy. “Quando você tem alguém próximo que sofre com esse crime, você começa a entender o quão pesado e presente é o racismo.  A gente tenta mostrar como o racismo é uma questão de todos, não só dos negros, é de todo mundo”, acrescentou.

A apresentadora, vale lembrar, é casada com Bruno Gagliasso. Os dois adotaram a garotinha, de 5 anos, durante uma viagem ao Malawi, na África Oriental, em 2015.

 

MSN