Gilvan ironiza: ‘a BR 230 foi superfaturada e Camará foi o símbolo de uma imagem - WSCOM

menu

Política

20/03/2006


Gilvan ironiza: ‘a BR 230

O deputado estadual e líder do governo na Assembléia Legislativa (AL), Gilvan Freire ironizou a imagem de construtor do senador José Maranhão. Ele falou sobre as obras da BR 230 e da Barragem de Camará. A BR 230, ele disse, ‘foi superfaturada’”, enquanto a barragem de Camará foi o símbolo de uma imagem de construtor de Maranhão, ironizou, lembrando a barragem que se rompeu em 2003.

A BR 230 que liga João Pessoa a Campina Grande está sendo concluída agora no governo Cássio Cunha Lima, apontou o deputado, garantindo que a obra iniciada na gestão de Maranhão teve inúmeras irregularidades e que a construtora está tendo que devolver dinheiro ao Estado, “porque recebeu a mais e os preços estavam elevados”. Segundo Freire, essa foi uma decisão do Tribunal de Contas da União.

Já sobre Camará, Freire disse que essa obra fez parte de um símbolo plantado durante o governo do senador, para mostrar à população que ele era um ‘mestre de obras’.

“Construtor naturalmente de obras muito seguras e importantes”, ironizou, acrescentando: “A obra não era segura por que foi embora, não foi importante por que levou dinheiro público e arrastou praticamente dois municípios, mais de 3 mil pessoas ficaram desabrigadas”, argumenta.

Camará fica nas imediações de Alagoa Grande, rompeu em 2003, quando as águas saíram destruindo casas e plantações e deixaram cinco mortos. As investigações do Ministério Público Federal e Estadual acabaram responsabilizando empresas e autoridades do governo.

Além disso, as obras da Barragem de Camará têm sido alvo de um investigação da AL, com a CPI de Camará. Até o momento, apesar das suspeitas levantadas pelos parlamentares, não foi encontrada nenhuma irregularidade sobre desvios de verbas.

Notícias relacionadas