General iraquiano é morto a tiros em Bagdá - WSCOM

menu

Internacional

06/03/2006


General iraquiano é morto a

Um general do Exército do Iraque foi morto a tiros nesta segunda-feira na parte oeste de Bagdá, segundo informaram fontes da polícia local.

O general Mibdir Hatam Hudaia al-Dulaimi foi atingido por disparos de um franco-atirador quando dirigia um veículo no bairro de Gazaliya.

Dulaimi é o oficial de mais alta patente a morrer no conflito iraquiano desde a queda de Saddam Hussein, em março de 2003.

Entre as suas atribuições militares estava a manutenção da segurança em parte de Bagdá.

Sua morte ocorre num período de grande divisão e tensão sectária no país, provocadas pelo ataque a bomba a um santuário xiita em Samarra, no dia 22 de fevereiro. Desde esse ataque, mais de 400 pessoas morreram em episódios de violência.

Carro-bomba

Ainda nesta segunda-feira, pelo menos cinco pessoas foram mortas e 17 ficaram feridas na explosão de um carro-bomba em um mercado na cidade de Baquba, a 60 km ao norte de Bagdá.

A explosão ocorreu perto de uma patrulha policial e relatos indicam que duas crianças morreram e muitas outras ficaram feridas.

Segundo correspondentes da BBC, outro carro-bomba explodiu em um mercado usado principalmente por cristãos na região de Al-Doura, ao sul de Bagdá. Uma pessoa foi morta e cinco ficaram feridas.

Os militares americanos disseram que um soldado foi morto em um ataque rebelde na província de Al-Anbar.

Os ataques continuam apesar de o governo do Iraque ter imposto toques de recolher e dos apelos por calma feito por líderes religiosos.

Notícias relacionadas