Gabriel faz gesto obsceno para tricolores após gol - WSCOM

menu

Mais Esporte

24/09/2017


Gabriel faz gesto obsceno para o SP

POLÊMICA

Foto: autor desconhecido.

 O volante Gabriel, do Corinthians, fez gestos obscenos à torcida do São Paulo durante a comemoração do gol de Clayson, que selou o empate em 1 a 1 entre as equipes na manhã deste domingo, no Morumbi, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 Gabriel havia acabado de ser substituído pelo próprio Clayson. Após o gol do companheiro de time, o volante se voltou para a torcida do São Paulo localizada atrás do banco de reservas e fez gestos obscenos. 

 Depois do jogo, Gabriel deu entrevistas e disse:

 – Isso é comemoração do gol, estava no calor do jogo, acontecem muitas coisas, ofensas, mas isso é do futebol. A gente estava comemorando perto da torcida, o torcedor estava nos ofendendo, fazendo gestos, xingando, mas até peço desculpas à pessoa, se ofendi, não era a intenção. Peço desculpas e ponto final.
Por conta dessa atitude, Gabriel pode ir a julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), caso a procuradoria do órgão entenda assim. Pelo Código Brasileiro de Justiça Desportiva, a provocação de Gabriel pode ser classificada como "provocação ao público" (artigo 258-A), que prevê pena de suspensão de duas a seis partidas.

 Questionado sobre o assunto em entrevista coletiva, o técnico Fábio Carille disse que não viu o lance, mas que, se comprovada a atitude ruim de Gabriel, vai chamá-lo para uma conversa e repreendê-lo por isso.

 O técnico se irritou, porém, quando questionado se o jogador não estava dando um mau exemplo:

 – Se aconteceu, sim, vai ser chamado a atenção na cobrança. Mas se quer falar de exemplo no Brasil, PQP, desculpe a palavra. A chegada aqui é sempre uma batalha. Mas eu gosto disso, acorda ainda mais o meu time. Eu lembro quando fizeram isso com o Ronaldo, ele lá no fundo do ônibus disse "puts, eles são burros, acabaram de me acordar".
 

Notícias relacionadas