Funcionários da saúde dão prazo de 10 dias para audiência com governador e ameaç - WSCOM

menu

Paraíba

26/10/2005


Funcionários da saúde dão prazo

A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos em Saúde da Paraíba (Sindsaúde), Vanda Celi, afirmou que os funcionários da saúde farão greve se não forem recebidos pelo governador Cássio Cunha Lima no prazo de 10 dias. Os funcionários estiveram na manhã desta quarta-feira, 26, na Assembléia Legislativa, onde foram pedir a intermediação dos deputados nas negociações.

São 9 mil servidores em todo Estado que podem vir a cruzar os braços, caso o Plano de Cargos e Salários não seja reajustado. “Não pretendemos entrar em greve, porque sabemos que o principal atingido é a população. Mas temos condições para fazer isso”, acrescenta a presidente.

“Na verdade o que nós queremos é uma audiência com o governador. Nós já enviamos seis ofícios e obtivemos como resposta o silêncio. Fomos recebidas pelo secretário da Administração Gustavo Nogueira e pelo secretário da saúde, Reginaldo Tavares, mas queremos falar com o governador. Nós votamos nele, não votamos nos secretários”.Segundo Vanda Celi, o plano de cargos e salários quando foi sancionado, em agosto de 2003, trouxe ganhos para o servidor, mas hoje ele está defasado. “Quando foi aprovado o plano os servidores passaram a ganhar R$ 273 enquanto o salário era R$ 200, hoje continuamos recebendo o mesmo salário”, justifica.

Há também a questão da gratificação de produtividade. Os servidores querem a isonomia desta gratificação. “Existe uma grande discrepância no pagamento dessa gratificação do SUS, um profissional de nível médio do Hospital do Trauma recebe R$ 240 de produtividade e o do Clementino Fraga apenas R$ 151. O hospital do Clementino Fraga é infecto contagioso, se formos avaliar pelo grau de insalubridade esses profissionais deveriam receber a melhor produtividade. Não estamos querendo aumento dessa gratificação e sim isonomia”, completa a presidente

O deputado Rodrigo Soares (PT) ficou de levar a reinvidicação ao governador.

Notícias relacionadas