Fotógrafo da Prefeitura acusa assessores de Dinho e Aníbal de agredi-lo durante - WSCOM

menu

Policial

17/03/2006


Fotógrafo da Prefeitura acusa assessores

O fotógrafo da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), José Marques Filho, queixou-se de ter sido agredido nesta quinta-feira à noite durante a desocupação de uma calçada no Centro de João Pessoa. Os agressores, segundo ele, seriam Lúcio Ney Carneiro, chefe de gabinete do vereador Aníbal Marcolino, e um homem identificado por Ubaldo, assessor de Dinho.

Marques conta que estava esperando a chegada dos agentes da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) que iriam relocar uma barraca instalada na calçada da Avenida Getúlio Vargas, quando foi abordado pelo grupo liderado pelos vereadores.

“Ainda não tinha começado a fotografar, porque os agentes da Sedurb não tinham chegado ao local. Estava conversando ao telefone, quando o vereador Dinho – acompanhado dos vereadores Aníbal Marcolino e Padre Adelino e de mais dois homens – se aproximou e perguntou, de forma grosseira, com quem eu estava falando e pediu minha identificação. Lúcio Ney tomou meu celular e desligou-o. Não reagi. Depois eles tentaram tomar minha máquina e só foram contidos quando a equipe de filmagem da Prefeitura chegou”, relatou o fotógrafo.

O fotógrafo saiu do local do tumulto direto para a 2ª Delegacia Distrital, onde prestou queixa à delegada Joelma Gomes da Costa. O assessor jurídico da Secom, Fábio de Barros Araújo, disse que a Prefeitura vai fazer uma representação criminal contra todo o grupo.

Notícias relacionadas