Fortes chuvas atingem a Região Metropolitana de João Pessoa causando diversos transtornos; confira - WSCOM

menu

Paraíba

13/02/2019


Fortes chuvas atingem a Região Metropolitana de João Pessoa causando diversos transtornos; confira

Segundo Noé Estrela, coordenador da Defesa Civil em João Pessoa, já foram registrados aproximadamente 67,8 mm nas últimas 6 horas na cidade. 

Imagem reprodução/Alagamentos atingem a capital paraibana

Desde a noite desta última terça-feira (12) a Região Metropolitana de João Pessoa vem sofrendo com as fortes chuvas. Na Capital, diversos trovões foram registrados, além de relâmpagos durante toda a madrugada desta quarta-feira (13).

 

Segundo Noé Estrela, coordenador da Defesa Civil em João Pessoa, já foram registrados aproximadamente 67,8 mm nas últimas 6 horas na cidade. 

 

Apesar das preocupações, não houve chamados para as consideradas áreas de risco, porém existem diversos pontos de alagamentos na cidade. Também foram registrados longos congestionamentos.

 

 

Imagem reprodução Whatsapp/Usuários do transporte público relatam alagamentos em frente a CBTU, na capital.

 

Imagem reprodução Whatsapp/Populares relatam alagamentos e carros sendo arrastados na Avenida Rio Grande do Sul, na capital.

 

Imagem reprodução Whatsapp/Populares relatam alagamentos no bairro dos Bancários, em João Pessoa

 

Imagem reprodução/Congestionamento

 

 

Ontem, a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa-PB) emitiu uma alerta, sobre a possibilidade de fortes chuvas no litoral do Estado com rajadas de ventos e trovoadas nas próximas horas até a quinta-feira (14).

 

Em comunicado enviado à imprensa, a Aesa informou que as chuvas devem ser registradas em decorrência ao posicionamento de um Vórtice Ciclônico formado em altos níveis da atmosfera.

 

“Dependendo do deslocamento e intensificação de tal sistema, o mesmo poderá favorecer à ocorrência de chuvas em áreas do Litoral (inclusive região metropolitana de João Pessoa) e adjacências. Há maior probabilidade de eventos de chuva significativos no decorrer das próximas 24 a 48 horas”, diz um trecho da nota.

 

Nas outras regiões do Estado, a Aesa prevê que poderão ocorrer pancadas isoladas de chuva. O órgão informou que está em estado de atenção. “Ressalta-se que as pancadas de chuva previstas para as áreas de aviso poderão ser localizadas em virtude da formação de nuvens tipo Cumulonimbus, a qual, dependendo da sua intensificação poderá gerar chuvas acompanhadas por trovoadas e rajadas de vento”, afirmou a entidade.