Fluminense supera apagões e abre vantagem sobre Libertad - WSCOM

menu

Futebol

29/04/2011


Flu abre vantagem sobre Libertad

3x1 DE VIRADA

Foto: autor desconhecido.

O Fluminense superou dois apagões para bater o Libertad, do Paraguai, por 3 a 1. O primeiro aconteceu no sistema de iluminação do estádio, o que atrasou a partida em mais de uma hora. O segundo veio no começo do segundo tempo, quando a equipe passou por maus bocados.

Agora o Tricolor pode perder até por um gol de diferença no jogo da volta para ficar com a vaga. Os gols do Tricolor carioca foram marcados por Rafael Moura, Marquinho e Conca, descontando Gamarra para a equipe paraguaia.

O jogo – O Fluminense começou a partida pressionando o Libertad e antes do primeiro minuto, Fred já tinha assustado o adversário com um chute perigoso. E aos quatro minutos, o Tricolor das Laranjeiras marcou seu primeiro gol. Depois de cobrança de escanteio, Edinho desviou e Rafael Moura cabeceou para marcar apesar do esforço do goleiro Vargas que ainda tentou tirar a bola mas o assistente confirmou a vantagem tricolor.

Em desvantagem a equipe paraguaia que começou a partida com espírito defensivo, teve que alterar o comportamento e partir para o ataque mas encontrou a equipe carioca bem postada e saindo em velocidade para o contra-ataque.

Aos 16 minutos o Libertad construiu sua primeira jogada de perigo. Após rápida troca de passes, o lateral Samúdio recebeu nas costas de Mariano e chutou com grande perigo para o gol defendido por Ricardo Berna. Aos 18 foi a vez de Ayala arriscar para boa defesa de Berna.

O Fluminense encontrava dificuldade para armar jogadas ofensivas, apesar da boa atuação de Dario Conca, e só voltou a incomodar a defesa paraguaia aos 23 minutos em cabeçada de Fred que não deu trabalho ao goleiro Vargas.

Aos 31 minutos, Fred tabelou com Rafael Moura, chegou a passar pelo goleiro Vargas mas a bola acabou saindo.

O Libertad tentava chegar ao gol do Fluminense em lançamentos para Nuñez que dava muito trabalho aos zagueiros tricolores.

Aos 41 minutos, o lateral-esquerdo Júlio César se contundiu e teve que deixar o gramado, entrando o volante Fernando Bob na posição. Aos 45 minutos, o Fluminense perdeu uma grande chance para ampliar o marcador. Mariano cruzou da direita, Rafael Moura escorou de cabeça para Fred, na pequena área,e o artilheiro bateu de primeira mas colocou para fora.

O segundo tempo começou com o Libertad adiantando suas linhas para tentar fazer pressão sobre o Fluminense. O time dirigido por Enderson Moreira não conseguia sair da marcação do Libertad que insistia nos cruzamentos e colocava em dificuldade a defesa tricolor.

Apesar dos gritos do treinador tricolor, o time carioca não conseguia se organizar, errava muitos passes e o Libertad seguia dominando o jogo, apesar de encontrar dificuldades para penetrar na área trocando passes, preferindo o jogo aáreo que deixava o goleiro Ricardo Berna em dificuldades.

O Fluminense só deu o primeiro chute a gol no segundo tempo aos 14 minutos em arrancada de Diguinho que roubou uma bola no meio campo mas chutou para fora.

De tanto insistir, o Libertad chegou ao empate aos 16 minutos. Em cruzamento da intermediária, o goleiro Ricardo Berna hesitou na saída e Gamarra cabeceou para as redes. Depois do lance, o goleiro Ricardo Berna passou a ser vaiado cada vez que tocava na bola.

Aos 19 minutos, o Tricolor quase desempatou em cabeçada de Valencia após cobrança de escanteio mas o goleiro Vargas fez grande defesa. Numa tentativa de mudar o panorama do jogo, o técnico Enderson Moreira decidiu colocar o atacante Araújo no lugar de Fernando Bob, recuando Marquinho para a lateral esquerda.

Aos 27 minutos, o Fluminense, mesmo sem jogar bem, desempatou a partida com um belo gol. Marquinho recebeu de Fred na entrada da área, se livrou da marcação e bateu forte sem dar chances ao goleiro paraguaio.

O time brasileiro se animou com a vantagem e chegou ao terceiro gol aos 29 minutos. Conca cobrou falta com perfeição e colocou no canto direito do goleiro Vargas. Com a vitória garantida, o Tricolor reduziu o ritmo e se preocupou em administrar o resultado.

No último minuto, o Libertard teve uma falta a seu favor na entrada da área mas o goleiro Ricardo Berna fez ótima defesa e garantiu a diferença a favor da sua equipe.

Notícias relacionadas