Fies inicia inscrições para mais de 150 mil vagas no segundo semestre - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

16/07/2018


Fies inicia inscrições para mais de 150 mil vagas no segundo semestre

Foto: autor desconhecido.

O Fies 2018 inicia hoje (16) as inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil e oferta mais de 150 mil vagas para o segundo semestre, com 50 mil oportunidades a juros zero. O prazo corre até às 23h59 do domingo, 22 de julho, no horário de Brasília (DF). O procedimento deve ser realizado na página do Fies Seleção. Podem participar estudantes que tenham realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e tenham alcançado, no mínimo, 450 pontos nas provas, além de nota acima de zero na redação.

De acordo com o Ministério da Educação, o financiamento tem duas modalidades: a modalidade I, que é chamada de novo Fies, oferta juros zero pelo Governo Federal desde que o estudante tenha renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa. Já a segunda modalidade, chamada P-FIES (Programa de Financiamento Estudantil) é realizada com recursos de bancos privados e destinada a estudantes com renda mensal familiar per capita de até cinco salários mínimos.

Para esta edição, já serão válidas as mudanças anunciadas pelo Ministério da Educação em junho de 2018: o teto mensal do financiamento passará de R$ 6 mil por mês para R$ $ 7.163 – um total de R$ 42 mil por semestre ante R$ 30 mil estabelecidos anteriormente. A mudança é válida para o Fies público (modalidade 1) e, em termos percentuais, irá representar um aumento de 43,27% na quantia financiável.

Resultado Fies 2018

O resultado Fies 2018 será anunciado em 27 de julho e, até o dia 31 do respectivo mês, os estudantes aprovados na chamada única devem comprovar as informações. Candidatos não pré-selecionados nesta etapa serão inscritos por ordem de classificação na lista de espera a fim de preencher as vagas não ocupadas. A modalidade P-FIES não inclui lista de espera.

Fies, Prouni e Bolsas de estudo

Bolsistas parciais do Programa Universidade para Todos (Prouni) podem se inscrever no Fies para financiar a parcela da mensalidade não coberta pela bolsa do Prouni, desde que se enquadrem nas condições estabelecidas previamente no edital. O MEC pontua, no entanto, que “é vedado ao bolsista do Prouni usufruir simultaneamente, em cursos ou instituições de ensino diferentes, a bolsa concedida pelo Prouni e o financiamento concedido no âmbito do Fies”.

Apesar da possibilidade de contratar simultaneamente os programas, existem outras opções de ingresso na graduação a exemplo das bolsas de estudo, que podem ofertar até 70% de desconto. O Educa Mais Brasil disponibiliza mais de 240 mil oportunidades para o ensino superior em todas as regiões do país.

Diferentemente dos demais programas, o Educa Mais não exige comprovação de renda e não requer garantias para a concessão do benefício. Com o desconto, o estudante arca com o valor restante da mensalidade ao longo do curso e, consequentemente, não precisa pagar juros. Os cursos são ofertados nas modalidades presenciais e a distância.

 

Ascom Educa Mais Brasil

Notícias relacionadas