Felipão: 'Vergonha mundial entregar para eliminar o Boca na 1ª fase' - WSCOM

menu

Futebol

01/11/2018


Felipão: ‘Vergonha mundial entregar para eliminar o Boca na 1ª fase’

Foto: autor desconhecido.

técnico Luiz Felipe Scolari afastou completamente a ideia de que teria sido melhor entregar uma partida na fase de grupos da Libertadores para eliminar precocemente o Boca Juniors, classificando a possibilidade como uma “vergonha mundial”. O treinador considerou justa a classificação da equipe argentina à final, concretizada nesta quarta-feira (31) com um empate por 2 a 2 com o Palmeiras no Allianz Parque, após vencer o jogo de ida por 2 a 0 na Bombonera.

“Seria uma vergonha, uma vergonha mundial. O time do Palmeiras, ou qualquer outro time, tem que fazer seu futebol, independente de quem seja. Classificou o Boca pela sua competência e qualidade. Jamais passaria pela cabeça de qualquer técnico de pensar em fazer alguma coisa errada. Nós temos que ficar felizes porque o Boca foi superior, palmas a eles”, disse Felipão.

Na última rodada da fase de grupos, ainda sob o comando de Roger Machado, o Palmeiras já classificado poderia ter contribuído para a eliminação do Boca se tivesse perdido do Junior de Barranquilla em casa. À época, o alviverde já havia descartado essa possibilidade, e acabou vencendo a partida por 3 a 1. No outro jogo, o Boca bateu o Alianza Lima por 5 a 0 e se classificou no segundo lugar da chave.

Felipão também negou que a eliminação na semifinal tenha um peso maior para ele. “Eu estou acostumado a ganhar e perder, pelo amor de Deus. Tenho mais de 30 anos de carreira. Não tem gosto especial por uma vitória ou uma derrota. Eles foram melhores lá, mas não hoje. Hoje nós tivemos muita qualidade em todo o tempo, mas não conseguimos o resultado. Essa é uma qualidade do Boca e a gente tem que respeitar. Eu tenho que trabalhar para ganhar, mas tenho experiencia em vitórias e derrotas”, afirmou.

Felipão disse ainda que a final entre Boca Juniors e River Plate é justa, e que agora o Palmeiras precisa fazer acertos na equipe para a sequência no Campeonato Brasileiro. O Verdão lidera a competição nacional faltando sete rodadas para o fim, e entra em campo novamente no sábado (3), contra o Santos, de novo no Allianz Parque.

“O River ganhou ontem (do Grêmio) e nós perdemos a classificação hoje. São os melhores. Nós tomamos dois gols no final do jogo em Buenos Aires, hoje criamos as oportunidades e tomamos de novo. São ajustes que temos que fazer no nosso time para o Campeonato Brasileiro. É justo River x Boca, sim, é um clássico argentino e vamos ver o que vai acontecer”. Com informações da Folhapress.