Felipão defende Ganso e pede para torcida rival apoiar o jogador na Libertadores - WSCOM

menu

Futebol

04/04/2011


Felipão defende Ganso

Hostilizado

Foto: autor desconhecido.

O técnico Luiz Felipe Scolari saiu em defesa de Paulo Henrique Ganso após a vitória do Palmeiras por 1 a 0 sobre o Santos, no domingo (3). Mais do que elogiar o meia do time rival, chamado de "mercenário" e "pipoca" por parte da torcida do próprio time, o comandante pediu apoio ao atleta no jogo do Peixe contra o Colo Colo, pela Copa Libertadores, na próxima quarta-feira (6).

– É porque eles perderam o jogo, mas todo torcedor sabe que, se fizerem uma enquete com todos os técnicos do mundo, provavelmente o nome do Ganso aparece em primeiro ou segundo lugar. Tendo esse tipo de jogador, o torcedor já deve dar a ele o carinho que merece na quarta-feira.

Destaque do Santos ao lado de Neymar no primeiro semestre do ano passado, Ganso sofreu uma grave lesão no joelho em meados de 2010. Durante o período de recuperação, foi cobiçado por alguns clubes europeus e recusou o plano de carreira proposto pelo Peixe. De volta, ele ainda busca a melhor forma.

– Todo jogador pensa em jogar na Europa por isso ou por aquilo. Com o tempo, quem sabe essa ideia não se concretiza. Eu gostaria de pedir ao torcedor do Santos que dê o seu apoio no jogo de quarta-feira. É quase impossível de ganhar desse time aqui na Vila.

Com apenas dois pontos em três jogos, o Santos ocupa o terceiro lugar do Grupo 5 da Copa Libertadores. Por isso, o confronto com o Colo Colo é fundamental para o time brasileiro. Na véspera do duelo com os chilenos, o técnico Luiz Felipe Scolari destacou a importância de Ganso.

– Ele precisa desse carinho, ele pode fazer a diferença no jogo com um lançamento de 10, 20, 30 metros e colocar outro jogador na cara do gol. Ainda é participativo na bola aérea, é um jogador que qualquer técnico do mundo gostaria de ter na sua equipe.

Notícias relacionadas