Fazenda rebate acusação de que Palocci teria mentido em entrevista - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

22/08/2005


Fazenda rebate acusação de que

O Ministério da Fazenda divulgou hoje uma nota em que rebate a acusação feita pelo prefeito do Rio de Janeiro, Cesar Maia (PFL), de que o ministro Antonio Palocci teria mentido durante a entrevista de ontem.

“O ministro recusa esta acusação, na medida que o contrato citado não foi objeto de questionamento na coletiva”, diz a nota.

Ontem, o prefeito disse em seu blog que o ministro mentiu ao não informar um contrato na área de limpeza pública no valor de R$ 41 milhões entre a Prefeitura de Ribeirão Preto (SP) e a empresa Leão&Leão. Na época da licitação, 2001, Palocci era prefeito da cidade paulista.

Segundo a assessoria de imprensa do ministério, realmente houve esse processo licitatório, mas que ele não está sendo questionado “em nenhuma das instâncias de discussão do problema político atual”.

Ainda de acordo com a nota, a licitação foi feita para a operação de aterro sanitário, coleta e tratamento de resíduos de serviços de saúde e coleta de lixo reciclado.

A assessoria de imprensa informou ainda que o contrato está em vigor e foi aprovado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

Na entrevista dada ontem, que durou pouco mais de duas horas, o ministro rebateu as acusações feitas seu ex-assessor e advogado Rogério Buratti. Ao Ministério Público de São Paulo, o advogado disse que o ministro, quando prefeito de Ribeirão, recebia R$ 50 mil por mês da Leão&Leão.

Notícias relacionadas