Fausto denuncia nepotismo cruzado entre deputados da AL - WSCOM

menu

Política

22/03/2006


Fausto denuncia nepotismo cruzado entre

O deputado estadual Fausto Oliveira (PMR) insinuou que existe nepotismo cruzado na Assembléia Legislativa (AL). “Eu não posso afirmar isso com certeza, mas é só fazer um requerimento e poderemos descobrir”, assegura. Para Fausto o projeto que está tramitando na AL é eleitoreiro, porque alguns dos deputados que o assinaram têm parentes nas secretarias estaduais ou nos gabinetes da Casa.

“Os deputados colocam os seus parentes nos gabinetes e aí ficam com demagogia dizendo que querem moralizar o serviço público, que não querem contratação de parentes”, acusa Fausto, salientando que alguns deputados trocam os parentes entre si, evitando uma contratação direta.

Questionado se poderia citar nomes o deputado desconversou. “Eu não estou confirmando que há, mas eu tenho receio que pode ocorrer”, alega.

Para o deputado às vezes o parlamentar se elege e traz um assessor que não tem nenhuma experiência na Casa, “ele não ajuda em nada, mas acaba ganhando um salário alto”, concluiu.

O projeto que combate o nepotismo em todo o Estado agora está tentando amealhar, da opinião pública, o apoio necessário para sua aprovação. Os deputados Ricardo Barbosa e Ruy Carneiro – dois dos propositores da PEC – têm recebido pressão de alguns deputados do interior contra a medida.

Ruy Carneiro (PSDB) disse que está com a consciência tranqüila. “Eu não tenho nenhum parente contratado”, garantiu.

Notícias relacionadas