Familiares de Marielle Franco participam de inauguração de ‘Rua’ em homenagem a ex-vereadora na UFPB - WSCOM

menu

Policial

13/03/2019


Familiares de Marielle Franco participam de inauguração de ‘Rua’ em homenagem a ex-vereadora na UFPB

Solange Cavalcanti, Tia de Marielle Franco, participou de homenagem à sobrinha na UFPB.

Placa da "Rua Marielle Franco", no Centro de Educação da UFPB (Foto: Gil Sabino/WSCOM)

Por Ângelo Medeiros e Gil Sabino / Portal WSCOM

 

No dia em que a Polícia Civil do Rio de Janeiro efetuou a prisão de dois policiais militares suspeitos de participarem do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) promoveu, na noite desta terça-feira (12), uma homenagem a ex-parlamentar, morta em 14 de março do ano passado em um crime ainda não esclarecido.

Na oportunidade, foi realizado o lançamento da Rua Marielle Franco, que fica no corredor principal do Centro de Educação da UFPB. O evento contou com as presenças de familiares da vereadora, que destacaram a importância da homenagem a parlamentar, símbolo da luta em defesa das minorias e dos direitos humanos.

Resposta do meio acadêmico

Em contato com o Portal WSCOM, Solange Cavalcanti, militante e tia de Marielle Franco, a homenagem promovida pela UFPB é uma resposta do meio acadêmico ao deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL-RJ), que ficou conhecido durante a campanha eleitoral do ano passado por quebrar uma placa com o nome da vereadora.

Ela lembrou que mil novas tabuletas com o nome da vereadora do PSOL, que imitam sinalizações oficiais com nome de rua, mas são simbólicas, distribuídas em atos públicos em homenagem a Marielle Franco no Rio de Janeiro, estão sendo levantadas em diversos Estados brasileiros.

“Os organizadores [da homenagem] analisaram o que aconteceu naquele fatídico momento em que o deputado rasgou a placa com o nome de Marielle, e resolveram mostrar ao mundo, a partir da Universidade, inclusive, a produção acadêmica de Marielle Franco. Foi uma grata compensação do Centro de Educação, que decidiu homenageá-la, trazendo essa placa do Rio de Janeiro para cá. Nós, enquanto familiares, estamos em estado de glória, porque o que eles conseguiram, a gente, no final estamos rindo da cara deles, pois, uma placa quebrada, rendeu mil homenagens a Marielle”, comentou.