Exército começa em novembro obras de duplicação da BR 101 - WSCOM

menu

Paraíba

28/10/2005


Exército começa em novembro obras

O Exército deverá começar, em novembro, as obras de duplicação da BR 101, no trecho que compreende os estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. A Justiça Federal havia suspendido a licitação dos três primeiros lotes da obra por desavenças entre as empresas que disputavam o contrato. O presidente Luis Inácio Lula da Silva assinou um decreto determinando a execução, pelo Exército, das três primeiras etapas, o que dispensaria licitação.

A informação foi prestada ao senador Ney Suassuna pelo presidente do Departamento Nacional Infra-estrutura Terrestre (Dnit), Alexandre Silveira. Suassuna destacou a importância da obra para a região, especialmente com relação ao escoamento da produção de toda região.A BR-101 liga o país do Ceará ao Rio Grande do Sul e já teve sua duplicação concluída na região Sul. A realização da obra na região Nordeste vem sendo ameaçada desde o começo do ano, quando o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a suspensão da licitação por entender que havia irregularidades.

O líder peemedebista conseguiu mobilizar as bancadas dos estados da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte para uma reunião no TCU com o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, o presidente do DNIT e os parlamentares a fim de que fosse encontrada uma solução para que as obras não fossem paralisadas.

A partir dessa reunião, realizada no dia 16 de março deste ano, foi formada uma força-tarefa, com técnicos do DNIT, TCU e do Ministério Público e os lotes começaram a ser licitados em junho. Por conta de uma briga entre as construtoras consorciadas, a duplicação da BR-101 foi mais uma vez ameaçada. “Graças a intervenção do presidente Lula não teremos maiores prejuízos”, destacou Suassuna, que vem acompanhando de perto todos os passos da duplicação.

Notícias relacionadas