Exagero? Cruzeiro é visto como o Barcelona da América - WSCOM

menu

Futebol

16/04/2011


Cruzeiro visto como Barça da América

Exagero?

Foto: autor desconhecido.

 Golaços, goleadas, vitórias inapeláveis e, principalmente, show dentro de campo. Essas são algumas das coincidências entre Cruzeiro e Barcelona. Sim, aquele mesmo da Espanha, que conta com Messi, Xavi, Iniesta, dentro outros craques.

A comparação entre as duas equipes, por mais exagerada que possa parecer, tem bastante sentido, nas devidas proporções. Quem levantou o assunto foi um possível adversário do Cruzeiro nas oitavas de final da Copa Santander Libertadores.

Para Diego Aguirre, técnico do Peñarol (URU), a Raposa está para a América do Sul assim como o Barça está para a Europa.

– Guardadas as devidas proporções, no continente, (o Cruzeiro) é como o Barcelona. Seu jogo e os resultados que alcançou na Copa Libertadores são contundentes – disse o treinador uruguaio ao portal Tenfieldigital.

Classificado com nove pontos, o Peñarol é forte candidato a ser o pior segundo colocado da fase de grupos da Libertadores. Com isto, o Cruzeiro entraria no caminho do time de Aguirre que, no entanto, prefere não pensar na situação.

– Se não quero o Cruzeiro nas oitavas? Não penso nisto, pois a possibilidade existe. Se cruzo os dedos? Não, não, também está aberta a opção de outro rival – completou.

Responsabilidade maior

A comparação com o Barcelona só aumenta ainda mais o peso sobre o Cruzeiro. Agora, a ordem da equipe é provar que a grande campanha na primeira fase não foi em vão.

– Os adversários que o Cruzeiro tiver de agora em diante vão querer vencer, pelo fato de termos sido os melhores da primeira fase. É um time mais visado – analisou Thiago Ribeiro.

Para o atacante, independente de comparações com a equipe Catalã, a Raposa será sempre respeitada pelos adversários.

– O respeito vai existir por tudo que nós fizemos. Jogando o futebol que estamos jogando, com eficiência no ataque, todo mundo ajudando na defesa, tenho certeza que temos grandes chances de sair com o título. Mas depois que a bola rola isso acaba – acrescentou Ribeiro.

Argentinos no comando

Além de dominarem o atual cenário do futebol em seus continentes, Cruzeiro e Barcelona têm outra forte coincidência. As duas equipes são comandadas dentro de campo por estrelas argentinas.

No Cruzeiro, Montillo dita o ritmo de jogo do time, com muita qualidade técnica e chegada no ataque. Na equipe Catalã, Messi divide a tarefa de armação com outros grandes nomes, como Xavi e Iniesta, mas, mesmo assim, é a estrela maior da companhia.

Um ponto que difere os dois jogadores é a participação na Seleção Argentina. Enquanto Lionel Messi tem cadeira cativa na equipe de Sergio Batista, Montillo luta por uma chance entre os convocados. Para isso, o meia vem mostrando um futebol convincente desde que desembarcou na Toca da Raposa.

No final das contas, sortudo mesmo são os hermanos, que podem contar com esses dois baixinhos no mesmo time.

 

Notícias relacionadas