Ex-ministro Celso Amorim pode ser opção presidencial no PT - WSCOM

menu

Política

02/03/2018


Ex-ministro Celso Amorim pode ser opção presidencial no PT

Para dar visibilidade ao ex-chanceler, dirigentes petistas estudam anunciar o nome de Amorim para vice na chapa de Lula

Foto: autor desconhecido.

Sob a ameaça de inviabilização de uma eventual candidatura do ex-governador Jaques Wagner à Presidência, o PT reavivou, nesta semana, o debate de seu “plano C”: do ex-ministro Celso Amorim. Após operação de busca e apreensão na casa de Wagner, em Salvador, petistas passaram a discutir a hipótese de lançamento de Amorim caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja mesmo impedido de concorrer à Presidência.

Para dar visibilidade ao ex-chanceler, dirigentes petistas estudam anunciar o nome de Amorim para vice na chapa de Lula.

Sem experiência eleitoral, Amorim poderia, então, cumprir agendas ao lado de Lula sem que fosse interpretado como um ensaio para a eleição.

Amorim poderá mesmo ser vice de Lula se a candidatura do ex-presidente for mantida. Do contrário, Amorim poderá assumir a cabeça de chapa.

Amigo de Lula, Amorim foi ministro da Defesa e das Relações Exteriores. E, atualmente, atua como um dos principais articuladores do movimento em defesa da candidatura do ex-presidente.

Seu nome passa ao largo das denúncias de corrupção. No fim do ano passado, o nome do diplomata chegou a ser cogitado como alternativa para a disputa presidencial, debate que continua formalmente interditado no partido. Ele chegou a viajar ao lado de Lula na caravana pelo Nordeste, Minas e Rio de Janeiro.

As informações são de reportagem de Cátia Seabra na Folha de S.Paulo.

Notícias relacionadas