Ex-dirigente do Botafogo-PB nega conversa com governador sobre manipulação de resultados - WSCOM

menu

Esporte

29/10/2018


Ex-dirigente do Botafogo-PB nega conversa com governador sobre manipulação de resultados

Foto: autor desconhecido.

 O ex-diretor do Botafogo da Paraíba, Breno Morais, negou através de nota que tenha mantido qualquer conversa com o governador Ricardo Coutinho sobre manipulação no futebol paraibano. Reportagem do Esporte Espetacular, da TV Globo, afirmou que Ricardo teria  lamentado que Breno não tivesse comprado um juiz, após uma derrota da equipe.

Segundo a matéria, Breno contou a Zezinho, ex-presidente do Belo, que teria assistido ao jogo ao lado do governador, que teria lastimado que o dirigente não tivesse subornado o árbitro. Então, o governador teria dito: “Breno, o certo era você ter comprado o juiz de um jogo desse aí“, que disse ter respondido: “Eu sei, mas não tive jeito de chegar”.

A informação foi rechaçada pelo ex-dirigente:

‘NOTA DE ESCLARECIMENTO

Eu, Breno Morais Almeida, quero deixar claro que não mantive nenhuma conversa com o governador Ricardo Coutinho a respeito de manipulação de resultado de jogos do futebol paraibano e que não tenho informação alguma que envolva o mesmo em qualquer irregularidade supostamente apurada pelas investigações da Operação Cartola.

Se fiz alguma referência foi tão somente no sentido figurado da expressão, sem fundamento algum com o caso em apuração.

Quanto a mim, reafirmo minha lisura à frente do tempo em que estive na direção do Botafogo da Paraíba e deixarei provado nos autos do processo a veracidade da minha inocência.

Agradeço ao apoio de todos os torcedores e reafirmo minha disposição de continuar lutando, dentro da legalidade, pelo desenvolvimento do futebol paraibano.

João Pessoa (PB), 29 de outubro de 2018

BRENO MORAIS ALMEIDA
Ex-dirigente do clube’

Da Redação