Ex-assessor de Bolsonaro tinha intimidade para pescar com presidente eleito - WSCOM

menu

Política

08/12/2018


Ex-assessor de Bolsonaro tinha intimidade para pescar com presidente eleito

Ex-assessor do filho do presidente é acusado de receber R$ 1,2 milhão, valores incompatíveis com sua renda

Foto: autor desconhecido.

Fisgado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) com movimentações de R$ 1,2 milhão, incompatíveis com sua renda, o policial Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro tinha total intimidade com o clã presidencial. A tal ponto, que saía para pescar com o próprio Jair Bolsonaro, conforme demonstra imagem publicada no Instagram de Queiroz.

Bolsonaro justificou a transferência de R$ 24 mil para a futura primeira-dama Michele Bolsonaro como o pagamento de um empréstimo não registrado em seu imposto de renda.

Brasil 247