Evangélico acusado de matar esposa estrangulada, após suposta traição, é preso - WSCOM

menu

Policial

27/04/2017


Acusado de matar esposa é preso em JP

EXCLUSIVO

Foto: autor desconhecido.

A Polícia Civil prendeu, na tarde desta quinta-feira (27), o evangélico acusado de matar a própria esposa, Maria do Carmo Guedes, de 46 anos, após discussão motivada por suposta da traição da cônjugue. O crime aconteceu na tarde dessa quarta-feira, 26, em uma comunidade entre os bairros do Ernani Sátiro e Esplanada e o corpo foi encontrado pelo filho do casal que, ao chegar na residência, viu o pai se evadindo em uma motocicleta.

A prisão foi efetuada após trabalho de investigação da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa. O acusado se encontra 2ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp) de Mangabeira, antiga 9ª DD. O homem foi localizado por guarnição do Capitão Sidnei e um agente da Polícia Civil escondido em Paratibe, no bairro do Valentina de Figueiredo.

Durante interrogatório, o homem afirmou que não tinha a intenção de matar a companheira e que apenas se defendeu da investida dela. No momento de raiva, desferiu socos na cabeça e apertou a garganta da vítima. Quando percebeu que ela desmaiou, afirmou que ficou desesperado, ligou para o filho dizendo que a mãe estava desmaiada e, logo que o filho chegou, pegou a moto e fugiu.

O acusado será apresentado à Delegacia de Homicídios ainda na tarde desta quinta-feira (27).

Notícias relacionadas