EUA acusam Irã de apoiar extremistas xiitas no Iraque - WSCOM

menu

Internacional

23/06/2006


EUA acusam Irã de apoiar

O comandante militar dos Estados Unidos no Iraque, general George Casey, acusou o Irã de dar apoio às escondidas a extremistas xiitas no Iraque.

O Irã, através de suas forças especiais secretas conhecidas como al-Quds, equipa e treina grupos militantes xiitas, disse Casey, acrescentando que a influência iraniana aumentou recentemente.

Embora os Estados Unidos não possuam evidências de que iranianos operam diretamente no Iraque, o comandante americano disse que representantes dos iranianos atacam regularmente soldados de seu país.

Os Estados Unidos tem acusado com freqüência o Irã de ajudar grupos xiitas no Iraque, mas anteriormente ofereceram poucas provas.

Em declarações ao lado do secretário da Defesa dos Estados Unidos, Donald Rumsfeld, no Pentágono, Casey afirmou que inteligência apóia agora o que se suspeitava.

“Desde janeiro, nós vimos um aumento em seu apoio, especialmente a grupos extremistas xiitas”, afirmou o general.

Provavelmente o treinamento é realizado no Líbano, disse Casey.

Ele sugeriu que o grupo guerrilheiro Hezbollah do Líbano, que conta com apoio do Irã, provavelmente também está envolvido no treinamento de milícias iraquianas.

As conversações entre os Estados Unidos e o Irã sobre a situação de segurança no Iraque foram suspensas.

O Irã acusou os Estados Unidos de explorarem a questão em meio a contínuo debate diplomático sobre o programa nuclear iraniano.

Notícias relacionadas