Estudante é encontrado morto com tiro de espingarda em Puxinanã e suspeito desap - WSCOM

menu

Policial

10/03/2006


Estudante é encontrado morto com

O estudante Gonçalves Jales, de 9 anos, foi encontrado morto nesta sexta-feira com um tiro de espingarda na testa, perto de casa, no município de Puxinanã. Ele morava com os avós George Gonçalves e Maria do Carmo Gonçalves e havia desaparecido de casa desde o final da tarde da quinta-feira.

Segundo a polícia conseguiu apurar, o menino chegou em casa, da escola, no final da tarde, e percebeu que a residência estava fechada. Ele jogou os livros pelo portão, no terraço, e saiu. Os vizinhos informaram que ele não disse para onde ia. A partir de então, o estudante não mais retornou para casa, preocupando os avós.

O corpo do garoto foi encontrado num matagal próximo de casa, com uma marca de bala na testa, provavelmente, segundo a polícia, de espingarda. A delegada de Puxinanã, Wedyja de Andrade Silva disse que os primeiros levantamentos da polícia apontam como autor do crime um outro menor de 17 anos, conhecido como Ridelson.

O acusado, que foi a última pessoa a ser vista com a vítima, desapareceu, juntamente com a família, da casa onde moravam. Esta é a única pista que a polícia tem do crime até o momento.

Notícias relacionadas