Estela repudia 'agressões caluniosas' contra ela e o ex-governador Ricardo Coutinho na ALPB - WSCOM

menu

Política

10/05/2019


Estela repudia ‘agressões caluniosas’ contra ela e o ex-governador Ricardo Coutinho na ALPB

Imagem: Reprodução

 A deputada Estala Bezerra se pronunciou através de nota após se acusada por uma advogada de ser mandante de um crime. O caso ocorreu no plenário da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) durante uma sessão que abordaria violência no trânsito.

“É inadmissível que o denuncismo , a calúnia e a difamação virem rotina e estratégia de visibilidade dentro da AL, espaço que deveria combatê-los. Neste caso com o consentimento e a difusão feita por parlamentares que deveriam prezar pelo respeito, pelo debate ético e pela verdade”, destacou a deputada.

Estela ainda afirmou que entrará com representações no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa da Paraíba e na justiça pelo caso.

Leia a nota na íntegra:

‘NOTA

Fui surpreendida negativamente ao saber que a Assembleia Legislativa da Paraíba foi utilizada para ser palco de ataques e agressões caluniosas contra mim, ao ex-governador Ricardo Coutinho ao deputado Doda de Tião e a companheiros de partido.

Ontem, a sessão que deveria abordar a conscientização sobre a violência no trânsito e criação de políticas públicas para a redução das mortes nas rodovias, foi desvirtuada de forma rasa, covarde e sorrateira.

É inadmissível que o denuncismo , a calúnia e a difamação virem rotina e estratégia de visibilidade dentro da AL, espaço que deveria combatê-los. Neste caso com o consentimento e a difusão feita por parlamentares que deveriam prezar pelo respeito, pelo debate ético e pela verdade.

Entraremos com representações no Conselho de Ética e na Justiça contra todos os envolvidos para que respondam pelas suas atitudes covardes, destituídas de caráter e irresponsáveis.

Seguiremos nosso mandato em favor de um estado democrático, socialmente justo e inclusivo. Sem denuncismo barato, com ética e, sobretudo, com respeito ao povo paraibano.

Estela Bezerra’

Por Redação / Portal WSCOM