Estatutários da Saúde param a partir de hoje e preparam ato na Secretaria - WSCOM

menu

Paraíba

30/07/2007


Estatutários da Saúde param a

Os servidores estaduais estatutários da saúde iniciam nesta segunda-feira, 30, uma greve por tempo indeterminado. Em todo estado são cerca de nove mil servidores, só na Saúde, trabalhando neste regime, destes 650 são médicos. De acordo com os médicos e demais servidores, a greve faz parte de um movimento de protesto contra a falta de acordo com o Governo em relação a um aumento salarial.

Os servidores querem a equiparação dos salários com os valores anunciados para os novos contratados para a saúde, como previsto no edital do concurso público, divulgado recentemente. “Tentamos negociar com o Governo várias vezes, mas não vimos avanço. Queríamos ter sentado para discutir salário, concurso e plano de cargos e carreira, mas os encontros não foram animadores”, declarou Vanda Cely, presidente do Sindicato dos Servidores da Saúde.

A sindicalista se refere ao reajuste de 3,5% oferecido pelo governador Cássio Cunha Lima, que não agradou a categoria. Isso porque o concurso anunciado para a área prevê salários de até 3 mil reais aos novos contratados. Os servidores atuais recebem, em média, cerca de R$ 500.

Os servidores também estão programando outras ações para reforçar a greve. Nesta segunda-feira, por exemplo, pretendem realizar um ato público dentro da Secretaria Estadual de Saúde, no período da tarde.

Notícias relacionadas