Espanha inicia julgamento de paraibano que matou tios e primos - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

24/10/2018


Espanha inicia julgamento de paraibano que matou tios e primos

Julgamento do brasileiro que matou familiares na Espanha - EFE/Pepe Zamora/ Direitos resrvados

O julgamento do brasileiro, de 22 anos, acusado de matar, na cidade de Pioz, na Espanha, dois tios e dois primos (ambos crianças na época) começou hoje (24) e deve durar uma semana.

Especialistas afirmam que ele pode ser condenado à prisão perpétua sem direito à revisão da pena.

François Patrick Nogueira Gouveia, 22 anos, confessou ter matado a família, em 2016.

De acordo com o processo, o brasileiro foi até a casa onde os tios e os primos moravam em dia 17 de agosto de 2016,  “com o propósito de acabar com a vida” deles. O crime causou perplexidade pelos requintes de maldade.

Inicialmente, ele atacou a tia pelas costas e depois partiu em direção às crianças. Ele degolou os primos e esquartejou a tia. Em seguida, aguardou a chegada de seu tio, que foi recebido em casa também com facadas. Assim como a tia, ele esquartejou o tio.

Mensagens

Após o crime, Patrick enviou mensagens um celular para um amigo no Brasil relatando os fatos e pedindo conselho. O amigo dele aguarda julgamento em liberdade, na Paraíba, no Brasil.

Um mês após o crime, como o mau cheiro que exalava do imóvel, as autoridades foram alertadas e entraram no recinto, encontrando os corpos das vítimas.

Depois de cometer o crime, o acusado viajou para o Brasil e acabou detido em 19 de outubro quando retornava à Espanha.

Agência Brasil