Equador bate Costa Rica e assegura oitavas ao lado da Alemanha - WSCOM

menu

Mais Esporte

15/06/2006


Equador bate Costa Rica e

A Copa do Mundo conheceu nesta quinta-feira os dois primeiros classificados para as oitavas-de-final. O Equador passou pela Costa Rica por 3 a 0 em Hamburgo e assegurou matematicamente uma das vagas do grupo A. De quebra, favoreceu a anfitriã Alemanha, que avança na mesma chave.

Tudo porque, após duas rodadas disputadas, equatorianos e alemães têm duas vitórias e seis pontos conquistados. Costa Rica e Polônia, por outro lado, ainda não somaram e, portanto, chegam à rodada final do grupo sem possibilidade de classificação.

É a primeira vez que a seleção equatoriana, célebre por conseguir seus melhores resultados jogando na altitude da capital Quito, consegue passar pela primeira fase. Antes da Copa da Alemanha, os sul-americanos só haviam disputado um Mundial, em 2002.

A rodada final do grupo A acontece na próxima terça-feira, quando Equador e Alemanha se enfrentam Berlim para disputar a primeira colocação do grupo. No mesmo horário, Costa Rica e Polônia se despedem da Copa em confronto em Hanover.

A Alemanha, que na quarta-feira passou pela Polônia por 1 a 0 e chegou à segunda vitória no grupo, terá que vencer o Equador para ficar com a primeira posição, pois os sul-americanos levam vantagem do empate, por terem melhor saldo de gols.

Assim como na vitória da estréia sobre a Polônia, o Equador venceu nesta quinta-feira com gols da dupla de frente Carlos Tenório e Agustin Delgado, que se juntam aos artilheiros do Mundial. Kaviedes também deixou o seu.

Mas contra a Alemanha no último jogo da primeira fase, para que a primeira colocação seja assegurada basta funcionar o esquema defensivo, que até o momento não sofreu um gol sequer na Copa.

O jogo

Na partida desta quinta, depois de um esboço de pressão da Costa Rica, os equatorianos saíram em vantagem logo aos 8min, quando Valencia recebeu com liberdade na esquerda e cruzou na cabeça de Carlos Tenorio. O atacante se antecipou à marcação e desviou para fazer seu segundo gol na Copa.

O Equador voltou a ameaçar o gol costarriquenho aos 34min, quando Méndez bateu falta com violência, mas acima do gol de José Porras. No minuto seguinte, a Costa Rica respondeu com Centeno, que chutou com perigo à direita da meta adversária.

Aos 41min, a Costa Rica perdeu boa chance de igualar o placar, quando Sequeira fechou livre na segunda trave, mas desviou o cruzamento da esquerda pela linha de fundo. Ainda antes do intervalo, Delgado desperdiçou oportunidade de aumentar a vantagem equatoriana, errando finalização na marca do pênalti.

No segundo tempo, a partida se tornou mais aberta. Wanchope assustou os equatorianos aos 3min com disparo de fora da área. Quatro minutos depois, Delgado respondeu para o Equador com uma bela finalização de direita.

Mas logo em seguida, o Equador conseguiu chegar a seu segundo gol. Depois de uma cobrança de lateral pela direita, Delgado tabelou de cabeça com Méndez e bateu forte, quase sem ângulo, para marcar pela segunda vez na Copa.

Aos 24min, Kaviedes, substituto de Carlos Tenorio, desviou na área e mandou a bola para as redes. Mas a arbitragem assinalou com correção o impedimento do equatoriano. O mesmo jogador perdeu boa chance aos 33min, quando Porras evitou mais um gol dos sul-americanos.

No último ato da Costa Rica, Saborío acertou o travessão do Equador. Foi a tentativa final dos costarriquenhos de evitar a eliminação precoce.

Mas, já nos acréscimos, Kaviedes recebeu lançamento de Méndez e desviou na saída de Porras, selando a vitória e a classificação equatoriana.

Notícias relacionadas