Entrevista: gestor fala sobre construção de programação artística que atende as diversas áreas culturais na Casa da Pólvora - WSCOM

menu

Artes

26/12/2018


Entrevista: gestor fala sobre construção de programação artística que atende as diversas áreas culturais na Casa da Pólvora

Foto: autor desconhecido.

O jornalista Chico Noronha, gestor do Parque Cultural Casa da Pólvora, é o novo entrevistado do projeto Agenda Viva/Portal WSCOM. Durante conversa com Gil Sabino, ele fala sobre os projetos de construção de uma programação artística que atende as diversas áreas, a exemplo de música, teatro, cinema, fotografia, dança, entre outras, de forma que vem movimentando aquele tão importante espaço localizado no Centro Histórico de João Pessoa.

 

A Casa da Pólvora faz parte dos equipamentos culturais sob a direção da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), liderada pelo gestor Maurício Burity, que junto com outras secretarias da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), vem lutando e conseguindo aquecer de forma estratégica o Centro Histórico da cidade, a exemplo das programações relativas ao “AnimaCentro”, projeto que percorre a Praça da Independência, Parque da Lagoa, Pavilhão do Chá, Vila Sanhauá, Hotel Globo, Ponto de Cem Réis e outros espaços.

 

Sob o conceito de Parque Cultural Casa da Pólvora, o espaço tem sido no dizer dos críticos, a nova explosão cultural da cidade, abrigando diversas atividades artísticas desde que ali assumiu a coordenação, o jornalista Chico Noronha. O projeto acolhe novos artistas e abre portas para alunos da rede pública municipal como forma de inclusão. Ganham as artes, a cultura, o turismo e a cidade. 

Confira a entrevista concedida por Chico Noronha ao Agenda Viva: