Empréstimos de Marcos Valério somam R$ 210 milhões - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

06/08/2005


Empréstimos de Marcos Valério somam

O publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza movimentou, somente a título de empréstimos bancários, R$ 210 milhões na conta da SMPB no Banco Rural no período de 2000 a 2005, segundo reportagem publicada hoje pela revista “IstoÉ”. Valério nega as informações.

Os extratos bancários do publicitário foram analisados por peritos do Ministério Público. Desse montante, segundo a revista, R$ 184,5 milhões foram justificados como empréstimos durante o governo do presidente Lula. Outros R$ 18,5 milhões foram contabilizados na conta da agência do publicitário durante o governo Fernando Henrique Cardoso.

Reprodução

O publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza

A análise dos peritos foi encomendada pela procuradora da República no Distrito Federal Raquel Branquinho com base em informações enviadas pelo Banco Central à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) mista dos Correios.

Marcos Valério, em entrevista hoje à rádio CBN, negou as informações e afirmou que a quantia total dos empréstimos é de cerca de R$ 55 milhões e que, com os juros, deve chegar a R$ 100 milhões.

Ele disse ainda que as informações serão comprovadas após a análise dos documentos de suas empresas, referentes aos anos de 2000 a 2005, que serão entregues na segunda-feira à Receita Federal.

Na entrevista à CBN, o publicitário disse também que está indignado por ser comparado com PC Farias –o tesoureiro de campanha do ex-presidente Fernando Collor de Mello– e que não quer ser chamado de operador do “mensalão”.

Valério reafirmou que pretende cobrar na Justiça os empréstimos feitos ao PT e disse que, se precisar recomeçar sua vida, vai vender bananas para sustentar sua família com “dignidade”.

Notícias relacionadas