Empresários sugerem a Lula aumento do superávit primário em 2005 - WSCOM

menu

Economia & Negócios

05/08/2005


Empresários sugerem a Lula aumento

Empresários sugeriram nesta sexta-feira ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva a elevação da meta de superávit primário de 2005, atualmente fixada em 4,25 por cento do Produto Interno Bruto.

A proposta foi um dos projetos identificados como prioritários para o país por confederações de empresários e reunidos em documento entitulado Agenda Mínima.

“O aprofundamento do uso da âncora fiscal no processo de estabilização ampla da economia irá agregar maior qualidade à política fiscal, dando-lhe maior transparência, credibilidade e efetividade”, argumentaram os empresários no documento.

O documento sugere iniciativas nas áreas de infra-estrutura, tributária, de regulação, reforma do estado, inovação e mudança do sistema político.

As propostas das entidades representantivas do setor produtivo foram acompanhadas da defesa de uma “investigação rigorosa” das denúncias de corrupção.

“O cenário político e as eventuais consequências das investigações não devem, no entanto, levar o país à paralisia, ao descrédito e à perda de confiança em seu futuro”, disse o documento.

Notícias relacionadas