Empresa espanhola arremata por R$ 1,9 bilhão aeroportos pertencentes ao bloco Nordeste; veja - WSCOM

menu

Paraíba

15/03/2019


Empresa espanhola arremata por R$ 1,9 bilhão aeroportos pertencentes ao bloco Nordeste; veja

Com a privatização, os aeroportos Castro Pinto e Presidente João Suassuna passam a ser geridos pela empresa Aena.

@Reprodução da internet / Aeroporto Castro Pinto, na Região Metropolitana de João Pessoa

O consórcio espanhol Aena arrematou os aeroportos paraibanos, de João Pessoa e Campina Grande, em um disputado leilão pelo principal bloco de aeroportos realizado pelo Governo Federal nesta sexta-feira (15), na B3, em São Paulo.


A empresa arrematou os aeroportos pertencentes ao bloco Nordeste, que compreende além dos aeroportos da Paraíba, os terminais de Recife, Maceió, Aracaju e Juazeiro do Norte, com uma oferta de outorga de R$ 1,9 bilhão. 

A estreia da nova administração nas licitações teve 12 aeroportos localizados nas regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste, que hoje respondem por 9,5% do mercado doméstico, com quase 20 milhões de passageiros/ano.