Em Sousa, servidores acompanham depoimento de prefeito se queixando de ‘desmando - WSCOM

menu

Paraíba

28/03/2006


Em Sousa, servidores acompanham depoimen

Servidores municipais de Sousa iniciaram na manhã desta terça-feira, 28, um ato de manifestação pública em frente ao Fórum, em que reclamaram de ‘desmando administrativo’ por parte da prefeitura. O prefeito Salomão Gadelha está participando de uma audiência, em que se discute uma série de irregularidades administrativas e eleitorais a ele atribuídas.

Integram o protesto servidores, funcionários, aposentados, pensionistas, estudantes, lideres comunitários, comerciantes e classes sindicais.

Informações repassadas ao Portal WSCOM Online por radialistas de Sousa dão conta de que a principal queixa é o atraso salarial que, segundo o presidente do Sindicato dos Servidores, Rômel Dantas, já ultrapassa sete meses.

“Só referente ao ano passado, são cinco meses e neste ano, dois meses. Isso constitui um absurdo”, reclamou.

Os manifestantes dizem que de janeiro até o dia 20 de março deste ano, já entraram nos cofres públicos mais de R$ 5 milhões, só de Fundo de Participação dos Municípios, afora convênios.

A manifestação teve início por volta das 7h30, com uma caminhada do centro da cidade com cartazes, faixas até o Fórum José Mariz, onde os manifestantes se encontram pacificamente e prometem ficar por toda à tarde de hoje, aguardando a saída do prefeito Salomão Gadelha, que acompanha audiência pública conduzida pela juíza Aldryn Kremy Araruna Gonçalves.

Recentemente, a Promotora Drª Juliana Couto Ramos entrou com uma Ação de Improbidade Administrativa contra o prefeito Gadelha. Nesta Ação, a promotora pediu o afastamento de Salomão das suas funções por considerá-lo inábil moralmente para exercer o cargo de prefeito.

Após a audiência, que está prevista para encerrar as 20h, os advogados das duas partes terão cinco dias para fazer as alegações finais a partir das falas dos 15 depoentes ouvidos nesta terça. Ao fim deste prazo, a juíza terá 48 horas para emitir uma sentença sobre o processo, que tramita em segredo de justiça.

Notícias relacionadas