Em seu primeiro ano de funcionamento, Celeiro Espaço Criativo se consolida como ambiente de fomento à arte e cultura da Capital - WSCOM

menu

Artes

09/01/2019


Em seu primeiro ano de funcionamento, Celeiro Espaço Criativo se consolida como ambiente de fomento à arte e cultura da Capital

O artesanato pessoense vive um grande momento. E um dos responsáveis por isso é o Celeiro Espaço Criativo, que na próxima quinta-feira (10) completa um ano de funcionamento, consolidado-se como importante espaço de comercialização e exposição do artesanato, artes visuais, artes plásticas e design da Capital.

Inaugurado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), em 2018, o Celeiro é um dos símbolos do bom momento pelo qual atravessa o artesanato de João Pessoa, cuja produção e fomento renderam a Capital paraibana o título de Cidade Criativas da Unesco.

Localizado no bairro do Altiplano, o Celeiro reúne trabalhos de artistas de João Pessoa e de diversas cidades da Paraíba, ajudando a escoar a rica produção artesanal de todo o Estado. Ao longo desse primeiro ano de funcionamento, o espaço entrou na rota do turismo, dos eventos culturais e ganhou o respeito dos artistas.

“O Celeiro foi uma das mais importantes ações voltadas para a cultura popular de João Pessoa”, afirma Selma Sanches, artista e escultora, que expõe no Celeiro desde a inauguração. “Nosso trabalho se torna muito mais conhecido do público, inclusive, as pessoas me procuram no ateliê muito por conta das peças vistas no Celeiro. É outra realidade”, concluiu a artista.

Outra artista que destaca a importância do primeiro ano do Celeiro Espaço Criativo é Analice Uchôa. Reconhecida como um expoente da pintura Naif, estilo com o qual sua obra identifica-se, Analice ressalta o papel do Celeiro no acolhimento dos artistas, de ser um espaço permanente de exposição, algo que era muito aguardado pelo segmento.

“O Celeiro é como uma mãe para todos os artistas. Um lugar maravilhoso, de muito bom gosto para acolher o nosso trabalho, com uma equipe que cuida de tudo com muito profissionalismo. Eu tenho o orgulho de participar desse momento e estou muito feliz com o resultado do trabalho – consegui vender bem durante o ano inteiro”, afirmou a artista.

Espaço para visitação
Com o sucesso do Celeiro entre os artistas e o público local, naturalmente o lugar acabou entrando na rota do turismo, sendo procurado por pessoas que vem de fora de João Pessoa para conhecer o trabalho produzido aqui, como o projeto das Sereias da Penha e das mais diversas tipologias de arte e artesanato presentes na Paraíba. O secretário adjunto de Turismo de João Pessoa, Graco Parente, disse que já tem uma operadora de turismo que atua diretamente com o Celeiro.

“A secretaria realiza com freqüência conversas com o segmento no sentido de desenvolver parcerias. O Celeiro, com toda a sua importância para a cultura e o artesanato, está inserido nesse contexto. Temos uma parceria importante com uma operadora, que leva turistas para conhecer o Celeiro durante todo o ano”, disse Graco Parente.

Outras atividades
Na perspectiva dos eventos culturais, o Celeiro Espaço Criativo se destaca pela realização de sarais poéticos, lançamentos de livros, amostras, desfiles, oficinas de arte, projetos em geral, além da participação em eventos itinerantes, a exemplo do Casacor. Essa demanda é realizada mensalmente, através de uma programação que incluí ainda aulas e passeios com escolas da rede municipal de ensino.

O Celeiro Espaço Criativo fica localizado na Avenida João Cirilo da Silva, Nº850, no Altiplano. O local funciona de segunda à sexta-feira, a partir das 9h até as 19h, e aos finais de semana, das 10h às 19h.


Por Redação com Assessoria