Em jogo decisivo de R$ 1.450 milhões, Belo enfrenta Tombense pela Copa do Brasil - WSCOM

menu

28/02/2019


Em jogo decisivo de R$ 1.450 milhões, Belo enfrenta Tombense pela Copa do Brasil

Times se enfrentam em Minas Gerais, na noite desta quinta-feira (27). A bola rola a partir as 19h15.

Imagem meramente ilustrativa/Foto: Paulo Cavalcanti/Botafogo-PB

Pela segunda fase da Copa do Brasil, Tombense-MG e Botafogo-PB se enfrentam em Minas Gerais, na noite desta quinta-feira (27). A bola rola a partir as 19h15.

 

Pelo regulamento da competição,  o empate leva a decisão para os pênaltis, e quem ganhar o duelo fica com uma vaga para a terceira eliminatória do torneio, que vale R$ 1,450.000,00 para os cofres do clube que avançar. As duas equipes conseguiram vitórias expressivas na estreia do certame. Enquanto o Belo goleou o Operário-MS, fora de casa, por 4 a 1, o time mineiro passou pelo Sport-PE vencendo por 3 a 0 em seus domínios.

 

Em sétimo lugar no Campeonato Mineiro, dentro dos oito que se classificam para a próxima fase, o Tombense foi derrotado pela Caldense no último fim de semana jogando com sua equipe titular. Entre os nomes, alguns são conhecidos do futebol da Paraíba, como o treinador Ricardo Drubscky, que dirigiu o Belo em 2002, e o meio campista Marquinhos, cria da base botafoguense, e que marcou o terceiro gol no duelo contra o Sport. Além deles, o atacante Denilson vestiu a camisa do Campinense no ano passado.

 

Pelo âmbito nacional, a equipe do conhecido empresário Eduardo Uram conta com o goleiro Felipe, ex-Flamengo e Corinthians, e o lateral esquerdo e meia Juan, ex-Flamengo, Fluminense e São Paulo, entre outros clubes.

 

Para o duelo contra o Belo, Ricardo Drubscky tem de volta o atacante Edson, que se recuperou de lesão no ligamento do joelho e tem condições de jogo, mas deve iniciar a partida no banco de reservas.

 

Confiante pelo ótimo desempenho na temporada, o Botafogo-PB busca a vaga na próxima fase apoiado na liderança do Campeonato Paraibano e a permanência do G4 no seu grupo da Copa do Nordeste. Com apenas uma derrota em 11 jogos na temporada, que aconteceu quando atuava com uma equipe repleta de reservas, o time da Maravilha do Contorno, apesar de jogar fora de casa, quer a classificação dentro dos 90 minutos.

 

O treinador Evaristo Piza não tem desfalques para o confronto, uma vez que todo seu elenco tem condições de jogo, inclusive o lateral esquerdo Fábio Alves, poupado do duelo contra o Esporte de Patos, que aconteceu no último fim de semana, e do meio campista Marcos Vinicius, que cumpriu suspensão automática no Paraibano.

 

O vencedor do confronto entre Tombense-MG x Botafogo-PB vai enfrentar o Londrina-PR na próxima fase, já em partidas de ida e volta.

 

Arbitragem

Elmo Alves Resende da Cunha, de Goiás, será o árbitro do confronto. Seus conterrâneos Márcio Soares Maciel e Paulo César Ferreira de Almeida ficam como seus assistentes. O mineiro Murilo Francisco Misson Júnior é o quarto árbitro.

 

Escalações

Tombense: Felipe, Bruno, Lincoln, Reynaldo, Bruninho; Rodrigo, Trindade, Juan; Lucas de Sá, Cássio Ortega e Denilson. Técnico: Ricardo Drubscky.

 

Botafogo-PB: Saulo, Roniery, Lula, Willian Goiano, Fábio Alves; Rogério, Marcos Vinicius, Clayton, Marcos Aurélio; Dico e Nando. Técnico: Evaristo Piza.

 

Com informações Voz da Torcida
Portal WSCOM