Em dia trágico 637 morrem e 238 ficam feridos no Iraque - WSCOM

menu

Internacional

31/08/2005


Em dia trágico 637 morrem

Em um dia trágico, 637 pessoas morreram e outras 238 ficaram feridas nesta quarta-feira no Iraque, algumas afogadas no rio Tigre e outras devido à violência ou a envenenamentos criminosos em pleno luto xiita, informou uma fonte dos serviços de segurança.

As vítimas foram levadas para cinco grandes hospitais da capital, afirmou a fonte, que revisou um balanço anterior divulgado por um funcionário do ministério da Saúde que citava pelo menos 500 mortos.

Centenas de pessoas morreram afogadas depois de uma correria em uma ponte de Bagdá durante o luto xiita.

Vários corpos foram retirados do rio Tigre e levados para os hospitais de Bagdá, segundo uma fonte médica.

O movimento de pânico foi provocado por um rumor sobre a presença de dois homens-bomba entre a multidão que atravessava uma ponte que separa os bairros de Adhamiyah e Kazimiyah, na zona centro-norte de Bagdá.

No momento, centenas de peregrinos xiitas estavam sobre a ponte a caminho do mausoléu do imã Musa al-Kazim, cuja morte é lembrada nesta quarta-feira pelos xiitas do Iraque.

Segundo uma fonte dos serviços de segurança, a cerca de proteção da ponte cedeu à pressão da multidão vítima do pânico e centenas de pessoas caíram no rio Tigre

Notícias relacionadas