Em decreto, prefeito de Caaporã exonera todos os comissionados e Prestadores de Serviços do município - WSCOM

menu

Política

17/11/2018


Em decreto, prefeito de Caaporã exonera todos os comissionados e Prestadores de Serviços do município

Foto: autor desconhecido.

O prefeito da cidade de Caaporã, no Litoral Sul paraibano, exonerou todos os cargos comissionados e prestadores de serviços. Os decretos assinados pelo prefeito Cristiano Ferreira Monteiro (PDT), mais conhecido como Kiko Monteiro, foram publicados no Diário Oficial dos Municípios dessa sexta-feira (16).

Além das exonerações, o prefeito revogou a concessão de gratificações, bem como concessões de horas extras ou serviços extras, e determinou o retorno dos servidores que estejam à disposição de outros órgãos. Outra medida para equacionar as contas foi a suspensão de pagamentos das despesas empenhadas até o dia 9 de novembro deste ano, até que seja realizada revisão em todos os contratos firmados pelo município de Caaporã.

Segundo dados do novo sistema do Sagres OnLine do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), referente ao mês de agosto (mais atualizado), a prefeitura de Caaporã registrou receita de R$ 5,09 milhões e despesas de R$ 6,06 milhões. Boa parte delas são provenientes de gastos com pessoal já que há na folha da prefeitura 131 contratados por excepcional interesse e 94 comissionados em seu quadro de pessoal. Juntos impactam a folha em R$ 438.56 mil.

No decreto, Cristiano Ferreira Monteiro justificou que “o grave problema desta edilidade para com o pagamento de sua folha de pessoal, bem como, a organização financeira que se impõe para que se honre os compromissos pretéritos com o próprio corpo de funcionários deste município, o Prefeito Constitucional”.
G1.