Em Cajazeiras: Azevêdo garante criação do programa 'Saúde Já' - WSCOM

menu

Política

25/09/2018


Em Cajazeiras: Azevêdo garante criação do programa ‘Saúde Já’

Foto: autor desconhecido.

O candidato ao Governo do Estado pelo PSB, João Azevêdo, participou na noite desta segunda-feira (24) de um debate promovido pela TV Diário, em Cajazeiras. Na oportunidade, o socialista destacou os R$ 107 milhões investidos no município sertanejo pela gestão do governador Ricardo Coutinho nos últimos sete anos e nove meses.

“Isso mostra o olhar atento e de cuidado que o Governo tem com todas as regiões do estado. Sou representante de um projeto que mudou a história política e administrativa da Paraíba nesses últimos anos. Mudou para melhor, com certeza. Muita coisa evoluiu sob o comando de Ricardo Coutinho, que fez mudanças importantes. Estamos como candidato a governador, para fazer mais do que foi feito até agora”, pontuou João, ao explanar sobre os investimentos no município e região.

João ressaltou ainda que foram investidos R$ 1,5 bilhão em mobilidade urbana da Paraíba. No quesito estradas, ele garantiu a urbanização do Açude Grande, a qual classificou como “complemento dessa grande obra de mobilidade aqui para Cajazeiras”.

Na seara da saúde, João destacou o programa ‘Saúde Já’, que levará urgência e emergência para as noves regiões do estado. “A Saúde precisa, depois dos 14 novos hospitais que foram abertos por essa gestão, da implantação de uma grande rede de urgência e emergência. Para que cada região tenha agregação à saúde, com urgência clínica, pediátrica, traumatológica e obstetrícia”, explicou.

No tocante a Segurança, o candidato socialista traçou um relato do que a gestão do PSB encontrou ao chegar no Governo. “Antes de 2011, o que víamos era uma Polícia que não tinha sequer armamento, que não tinha proteção individual, que não tinha viatura com gasolina. Essa é a realidade da segurança que nós encontramos”, lembrou; antes de completar: “Investimos R$ 228 milhões só em infraestrutura [da segurança]”.

“Segurança se faz com homens bem treinados e, acima de tudo, com investimento em inteligência e tecnologia. Vamos convocar os outros 500 aprovados no concurso da PM, construir nas grandes cidades centros de monitoramento e controle, implantar mais quatro batalhões de polícia no estado”, comentou sobre suas propostas para segurança pública.