Efraim volta a evidenciar críticas de Hélio Bicudo e silêncio do PT - WSCOM

menu

Política

18/08/2005


Efraim volta a evidenciar críticas

O senador Efraim Morais (PFL-PB) lamentou que a cúpula do Partido dos Trabalhadores (PT) tenha se afastado dos ensinamentos do jurista e petista Hélio Bicudo, que analisa a atual crise política em entrevista à revista Veja. O pefelista comparou Bicudo a um “oráculo” e considerou suas declarações “densas e sinceras”.

– A verdade é que a índole da cúpula do PT e do governo Lula não é boa. Daí terem deixado de lado uma figura como Bicudo e optado por figuras como Delúbio Soares (ex-tesoureiro) e Silvio “Land Rover” Pereira (ex-secretário-geral) – afirmou.

Ele destacou trechos da entrevista de Bicudo, um dos fundadores do PT. Relatou, por exemplo, a crença do petista histórico no conhecimento de Lula sobre a forma como os fundos de campanha estavam sendo angariados e gastos. Além de classificar o atual presidente da República como centralizador, Bicudo creditou a ele a condição de “mestre em esconder a sujeira embaixo do tapete”.

Efraim Morais também comentou o teor de outras matérias da revista Veja sobre a crise que se abate sobre o governo e dirigentes petistas.

Em relação ao ex-ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, é apontado como um homem que luta sem restrições a meios para alcançar o poder. Seria o responsável ainda pela preservação de Delúbio Soares nos quadros petistas.

– O perfil centralizador da legenda permitiu que a cúpula agisse à revelia da militância – declarou.

Notícias relacionadas