Dupla é presa por falsificar e vender atestados médicos na Capital - WSCOM

menu

Policial

19/04/2017


Dupla é presa por vender atestados em JP

FALSIFICAÇÃO

Foto: autor desconhecido.

Dois homens foram presos, entre eles um servidor da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), suspeitos de associação criminosa promovendo a venda de atestados médicos por meio das redes sociais. As prisões aconteceram na manhã desta quarta-feira (19), na Capital.

Segundo a Delegacia de Defraudações e Falsificações da Polícia Civil em João Pessoa (DDF), os suspeitos atuavam há pelo menos seis meses e negociavam os atestados por valores entre R$ 30 e R$ 50, dependendo do número de dias solicitados e da doença registrada.

O crime foi descoberto após a DDF identificar cinco suspeitos de participação na fraude. Entre os criminosos, o funcionário da PMJP era o responsável por conseguir os clientes e negociar o valor cobrado pelo atestado.

O funcionário da PMJP foi preso quando iria entregar um dos atestados vendidos. Após a prisão, ele indicou a localização do segundo suspeito preso, apontado como responsável por conseguir os atestados em branco e os carimbos para confecção das fraudes.

A dupla foi encaminhada para a Central de Polícia Civil da Capital, onde permanece na carceragem e aguarda realização de audiência de custódia. 

Notícias relacionadas