Duda Mendonça afirma que recebeu R$ 10 milhões de Marcos Valério via paraíso fis - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

11/08/2005


Duda Mendonça afirma que recebeu

O publicitário Duda Mendonça admitiu hoje (11) que, além de receber pagamentos em dinheiro do empresário Marcos Valério, recebeu depósitos em Bahamas, país caribenho que possui leis que o transformam em paraíso fiscal. O próprio Valério teria sugerido a Zilmar Fernandes, sócia de Duda, que abrisse uma conta no exterior para receber o restante dos pagamentos.

De acordo com Duda, o empresário Marcos Valério era o responsável, por determinação do ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, pelo pagamento da dívida que o PT tinha com sua agência. Duda e sua sócia Zilmar Fernandes estão depondo neste momento à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Correios.

Zilmar contou que em março de 2003, Valério disse a ela que estava difícil fazer o pagamento da dívida e pediu um número de conta no exterior para fazer os pagamentos. Duda disse que procurou o Bank Boston e que foi aberta uma empresa nas Bahamas, com o nome de Dusseldorf.

De acordo com o publicitário, foi depositado no exterior pouco mais de R$ 10 milhões e o valor foi repassado aos poucos. Chegavam pelo Banco Rural Europa, Florida Bank, Banco de Israel e Trade Link.

Duda disse que após denúncias que a contabilidade de sua empresa reuniu alguns faxes comprovando a transferência de dinheiro para a conta nas Bahamas e entregou esses papéis a comissão. “Posso ter cometido um erro fiscal, mas não cometi um erro de caráter”, afirmou o publicitário.

Notícias relacionadas