Drenagem da Barreira do Cabo Branco já tem data para começar e vereador comemora - WSCOM

menu

Paraíba

05/02/2018


Drenagem da Barreira terá início na obra

PRESERVAÇÃO

Foto: autor desconhecido.

O anúncio do início das obras de drenagem da Barreira do Cabo Branco, em João Pessoa, feito pelo prefeito Luciano Cartaxo (PSD), foi celebrado pelo vereador Lucas de Brito, nesta segunda-feira (05). O parlamentar tem levado o assunto para dentro da Câmara Municipal desde seu primeiro mandato e avaliou que a ação é o início das atividades estruturantes na área.

A medida, que visa corrigir falhas no escoamento das águas na área continental da falésia, receberá investimento de R$ 5 milhões e vai permitir a instalação de uma rede de drenagem de 5 km. “Há anos que falamos em problemas de drenagem no local e pedimos a ação concreta dos órgãos competentes. Portanto, é importante sabermos não apenas e cobrar, mas reconhecer um avanço que a gestão dá no sentido de evitar o desmoronamento da falésia”, avaliou.

O parlamentar lembrou que essa ainda não é uma solução definitiva, mas é uma ação concreta “que várias outras gestões poderiam ter feito, mas não fizeram”. “É uma ação que vem após algumas outras, como a interrupção do tráfego na área, só que agora é algo mais estruturante. O prefeito Luciano Cartaxo toma a iniciativa de fazer e merece o nosso reconhecimento”, acrescentou.

Ao longo dos últimos anos, Lucas de Brito participou de diversas reuniões entre a Prefeitura de João Pessoa e a sociedade civil para debater a melhor alternativa para a Barreira do Cabo Branco. No ano passado, também foi autor de uma emenda impositiva que destinou recursos para serem utilizados no melhoramento da área já neste ano de 2018. “Ficamos na expectativa de que as obras serão realizadas e vamos acompanhá-las, porque este é um tema importante para o nosso mandato”, salientou.

De acordo com a PMJP, as obras desta primeira etapa contemplam a implantação de 10 novos trechos de drenagem, que irão integrar a nova rede a já existente no entorno dos bairros do Altiplano, do Cabo Branco e Seixas. Além disso, o projeto integral prevê outras medidas de contenção, como a construção de quebra-mares e a proteção no sopé da falésia.

Notícias relacionadas