Dois Africanos e Orquestra PB Pop encerram a Festa das Neves nesta quarta - WSCOM

menu

Cursos e Eventos

05/08/2015


Dois Africanos encerram Festa das Neves

JP 430 anos

Foto: autor desconhecido.

Nesta quarta-feira (5), última noite da Festa das Neves, a Orquestra PB Pop, do maestro Rogério Borges, e a dupla Dois Africanos comemoram o aniversário de 430 anos da cidade de João Pessoa a partir das 20h30, no Ponto de Cem Réis. Na noite anterior, a irreverência musical e visual da banda Brega É Você e as apresentações de cultura popular fizeram a alegria de quem prestigiou os festejos da padroeira da Capital.

No último dia de festa, o público também poderá conferir, a partir das 18h30, apresentações de Babau Joaquim Guedes, com o Mestre Vavau; Grupo de Dança Flor de Lírio; e Grupo de Dança da Maior Idade Reaprendendo a Viver, no Pavilhão dos Brincantes, no Ponto de Cem Réis.

Na véspera de aniversário da cidade, a principal atração da noite, a Banda Brega é Você, interpretou sucessos de Lindomar Castilho, Reginaldo Rossi, Beto Barbosa e Pablo, entre outros artistas do brega, e não deixou ninguém parado. “Estamos muito animados em participar da Festa das Neves. É a nossa primeira vez aqui e queremos dar nosso melhor para entreter as pessoas”, disse Adriano de Pádua, um dos oito integrantes do grupo, formado em 2008.

Mais cedo, houve as apresentações de cultura popular, no Pavilhão dos Brincantes, no Ponto de Cem Réis. A abertura ficou por conta do número Ventriloquia, com mestre Clébio (de Guarabira) e seus bonecos, com histórias sobre o cotidiano.

Em seguida, o grupo de dança da terceira idade do Serviço Social do Comércio (Sesc-JP) fez uma performance contando a história do cangaço. “A gente remonta ao tempo de Lampião e Maria Bonita por meio das músicas e da dança do nosso Nordeste”, resumiu Maria Irene, uma das participantes. Outra atração foi o Grupo Fênix, que mostrou o universo dos ciganos a partir de uma coreografia com muitas cores, brilho e alegria, que contagiou toda a plateia.

Tradição
O servidor público José Benedito levou a esposa, a filha e o sobrinho para conferir as atrações culturais. “Há 45 anos eu venho para a Festa das Neves e nos dois últimos trouxe minha filha de seis anos, Maria Helena. Assim como meus pais me traziam, eu hoje trago minha filha, não só para os parques, mas também para ver um pouco de tudo da festa, que tem nossa música, nossa cultura”, contou ele, que também elogiou a organização e a segurança do evento.

A Guarda Civil Municipal (GCM) e as Polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros, garantiram a segurança na Festa das Neves.

Brinquedos
O parque de diversões é uma atração à parte. As crianças e adolescentes adoram e fazem filas para brinquedos como samba ou kamikaze, e o carrossel para os menores. Os brinquedos estão instalados nas ruas Dom Úrico, Vigário de Sarlen, Duque de Caixas, Odon Bezerra, Pedro I, Dom Adauto e Acadêmico Aloísio Sobreira.