Disputa pela liderança segue acirrada no Brasileirão - WSCOM

menu

Mais Esporte

12/08/2005


Disputa pela liderança segue acirrada

O Campeonato Brasileiro tem neste final de semana a penúltima rodada do primeiro turno com grande equilíbrio na luta pela liderança e duas equipes em situação muito complicada na zona de rebaixamento. Dependendo dos resultados do final de semana, até seis equipes diferentes podem alcançar a liderança. Já na ponta de baixo, Atlético-MG e Paysandu não podem nem pensar em perder.

Duas partidas são fundamentais para decisão dos primeiros lugares na classificação. O líder Corinthians enfrenta a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, e o Cruzeiro recebe o Paraná, no Mineirão.

Contra a Ponte Preta, o Corinthians terá mais uma chance para tentar se distanciar na liderança. “A próxima rodada é difícil, a gente sabe disso. Temos que ter os pés no chão, a Ponte vai querer ganhar e a gente também. Vai ser um grande jogo, decisivo” afirmou o técnico Márcio, do Corinthians.

No jogo de Minas Gerais, Cruzeiro e Paraná se enfrentam em partida de artilheiros. O atacante Fred marcou dois dos quatro gols da Raposa na última partida e reassumiu a artilharia do Brasileiro, com 12 gols. No entanto, o próximo desafio de atacante é não deixar Borges, artilheiro do Paraná com 11 gols, supere sua marca.

Além dessas quatro equipes, Fluminense e Goiás também podem alcançar a ponta da tabela. O Fluminense enfrenta o Juventude, em Caxias do Sul, e o Goiás recebe o Flamengo, no Serra Dourada.

Outro jogo importante, que também irá interferir nas primeiras posições do campeonato, é um clássico histórico, o confronto entre Botafogo e Santos. Apesar da boa campanha das duas equipes, o Botafogo vem de uma goleada sofrida para o Cruzeiro e o Santos chega decepcionado com o empate contra o Brasiliense.

Desesperados, na ponta de baixo e a sete pontos de escapar da zona de rebaixamento, Atlético-MG e Paysandu jogam todas as forças para tentar uma reação neste fim de primeiro turno. O Paysandu recebe o Atlético-PR e o Atlético-MG vai enfrentar o Vasco, em São Januário.

Precisando marcar para vencer, o técnico do Galo, Marco Aurélio, ainda precisa se preocupar com o setor mais carente em sua equipe, a defesa. “A tendência é a entrada do Walker no meio, que já fez essa função de proteger a defesa. Assim, nós iremos recompor o time na marcação”, espera o técnico.

Também tentando deixar a zona do rebaixamento, o São Paulo recebe o Fortaleza em jogo que não pode nem pensar em não vencer. Além da manutenção de Roger no ataque, o técnico Autuori confirmou a presença de Hernanes na lateral direita, no lugar de Souza.

O Figueirense também tenta deixar as últimas posições na partida contra o Brasiliense, no Orlando Scarpelli. E a semana foi agitada em Florianópolis com o afastamento de cinco jogadores: Paulo Sérgio, Édno, Rudnei, Flávio e Nildo.

Na zona intermediária da classificação, o emergente Palmeiras enfrenta o decadente Inter, no Palestra Itália. Leão deu a receita do sucesso do time: “O desempenho do dia-a-dia faz diferença na hora do jogo. A gente vai de encontro com o que o jogador precisa e fala a verdade para ele. Nós falamos verdades e não tem problema nenhum”.

Também tentando encostar nas primeiras posições, Coritiba e São Caetano se enfrentam no Couto Pereira.

Uma rodada de importantes jogos que prometem muitos gols para o final de semana. Já que se as grandes estrelas do futebol nacional não jogam mais no País, a média de exatos três gols por partida vai fazendo a alegria os torcedores nos estádios.

Jogos de sábado:

16h00 – Coritiba x São Caetano, em Curitiba

16h00 – Palmeiras x Internacional, em São Paulo

18h10 – Paysandu x Atlético-PR, em Belém

Jogos de domingo:

16h00 – Figueirense x Brasiliense, em Florianópolis

16h00 – Vasco x Atlético-MG, no Rio de Janeiro

16h00 – Goiás x Flamengo, em Goiânia

16h00 – Cruzeiro x Paraná, em Belo Horizonte

16h00 – Ponte Preta x Corinthians, em Campinas

18h10 – Juventude x Fluminense, em Caxias do Sul

18h10 – Botafogo x Santos, em Volta Redonda

18h10 – São Paulo x Fortaleza, em São Paulo

Notícias relacionadas