Dilma quer criar programa Água para Todos no Nordeste - WSCOM

menu

Política

02/04/2011


Dilma: Água para Todos no Nordeste

Projetos

Foto: autor desconhecido.

O governo federal vai lançar o programa Água para Todos, voltado para o semiárido nordestino, como uma das âncoras do plano de erradicação da miséria. Apesar do corte de R$ 50 bilhões no Orçamento, a presidente Dilma Rousseff garantiu aos ministros da área social que o governo investirá na construção de 800 mil cisternas, além de adutoras e pequenos reservatórios para atender 5 milhões de famílias até 2014.

– Depois do Luz para Todos, vamos ter o Água para Todos.

A referência é ao programa de energia elétrica lançado em novembro de 2003, no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A ideia também foi exposta por Dilma em conversa com dirigentes de seis centrais sindicais, no último dia 11, no Palácio do Planalto.

Com lançamento previsto para maio, o Água para Todos é inspirado no programa de mesmo nome, adotado pelo governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), para quem a ideia "é uma coisa fantástica".

– Conseguimos levar água para mais de 2 milhões de pessoas […] A presidente conversou comigo sobre o projeto e nossos técnicos estão trabalhando com o Ministério da Integração Nacional.

Hoje, diversas organizações não governamentais já investem na construção de cisternas no Brasil, principalmente na Região Nordeste, mas Dilma quer ampliar o trabalho. O projeto Um Milhão de Cisternas, por exemplo, é uma iniciativa adotada pela Articulação do Semiárido, ONG que reúne 700 entidades da sociedade civil.

Dilma insistiu que o Estado não pode "depender apenas da iniciativa dessas entidades. […] O governo precisa entrar nisso."

Dilma quer transformar o Água para Todos em marca de seu governo.

Notícias relacionadas