Dicas para a compra dos Ovos de Páscoa - WSCOM

menu

Paraíba

13/04/2011


Dicas para a compra dos Ovos de Páscoa

Dicas

Foto: autor desconhecido.

Supermercados, mercearias e lojas especializadas já estão expondo as diversas marcas, formatos e sabores de ovos de chocolate, considerados o símbolo da Páscoa. Com a grande oferta de produtos, o consumidor deve ficar atento com os preços e a qualidade dos ovos.

Para ajudar nas compras, o colunista do Portal WSCOM, Heltol Renê, escreveu o texto ‘5 dicas para não amargar na Páscoa’. Confira abaixo as sugestões:

1º conselho: seja prudente.

Evite levar seu filho para a compra desses produtos, pois quanto maior e mais colorido, o ovo fica mais atraente. Importante considerar que na maioria das vezes as crianças escolhem o mais caro, ficando difícil para os pais resistirem ao apelo dos filhos.

2º conselho: seja cuidadoso.

Para atrair uma quantidade maior de consumidores ‘mirins’, o mercado investe nos brindes, que na maioria das vezes é um brinquedo. Os pais devem verificar se na embalagem do ovo existe algum selo do Inmetro, se não tiver a indicação é não comprar o produto. Objetos não aprovados pelo Inmetro podem causar problemas à saúde da criança.

No caso de crianças com intolerância a algum tipo de ingrediente, as informações dos rótulos devem ser analisadas cuidadosamente. Aguns ovos possuem mais cacau, mais açúcar e gordura saturada e trans.

3º conselho: seja cauteloso.

Cuidado com as compras exageradas. Analise se é realmente necessário comprar um ovo gigante, que pode custar até R$ 200, ou substituir por ovos menores, podendo até existir a possibilidade de fazê-los em casa. O momento pode servir para reunir a família, em especial as crianças, e o custo da fabricação é bastante inferior aos ovos de marca.

4º conselho: Não barganhe tanto.

Apesar da pesquisa pelo melhor preço ser importante, é bom evitar os ovos vendidos nas calçadas da cidade, que inevitavelmente serão mais baratos. Além de não possuir qualquer segurança, existe a dúvida de o produto é realmente autêntico, e o calor e os raios do sol podem alterar facilmente a composição química no chocolate, modificando o sabor, qualidade e validade. Também devem ser evitados os ovos quebrados, e o manuseio ajuda na alteração da qualidade.

5° conselho: seja precavido.

Solicite sempre um recibo ou nota fiscal, é com esse documento que o consumidor pode provar que adquiriu o produto em determinado estabelecimento comercial. A embalagem também deve ser guardada por 30 dias, prazo legal para reclamação, caso o produto venha a apresentar algum problema na saúde após ser ingerido.

 

 

 

Notícias relacionadas