Desaparecimento de 'Pequeno Buda' deixa Nepal em suspense - WSCOM

menu

Internacional

17/03/2006


Desaparecimento de 'Pequeno Buda' deixa

O pequeno reino do Nepal está em suspense desde o desaparecimento misterioso de um jovem venerado por seus adoradores como a reencarnação de Buda.

A polícia o procura na floresta, e os fiéis se preocupam. Chamado de “Pequeno Buda” pela imprensa, Ram Bahadur Bomjan, de 16 anos, foi visto pela última vez no sábado passado, em Bara, a 150km de Katmandu. Ali, ele costumava meditar em posição de lótus embaixo de uma figueira da Índia, como fez há 2.500 anos o fundador do budismo, Siddhartha Gautama, que receberia mais tarde dos discípulos o título de Buda.

O jovem prodígio, que segundo seguidores meditava desde 16 de maio de 2005 sem beber nem comer, atraiu dezenas de milhares de budistas, curiosos e devotos, e a notícia de seu desaparecimento misterioso gerou uma preocupação generalizada. Mais de mil pessoas se somaram às operações de busca.

A polícia negou que se trate de seqüestro, e não tem nenhuma pista sobre o que aconteceu. Segundo Bed Bahadur Thing, presidente de um grupo de investigadores responsável por encontrar o adolescente, “a agitação provocada pela afluência de fiéis pode ter incomodado o jovem meditativo”.

O adolescente tem um grande impacto no reino, onde 5% da população de 25 milhões de habitantes são budistas. Os visitantes não param de chegar e comprar CDs e fotos “oficiais”.

O estudante Gaurab Tiwari, de 20 anos, vê no desaparecimento um ponto em comum com o fundador do budismo. “O próprio Buda tem o hábito de mudar de lugar para meditar, de forma que é possível que ele tenha ido embora de Bara”, explicou.

Notícias relacionadas