Deputado pede afastamento de Moro da Lava Jato - WSCOM

menu

Política

05/09/2017


Deputado pede afastamento de Moro

JUIZ FEDERAL

Foto: autor desconhecido.

O deputado Paulo Teixeira (PT-SP) pediu nesta terça-feira, 5, em discurso na tribuna da Câmara, o afastamento do juiz federal Sérgio Moro do julgamento das ações da operação Lava Jato.

Teixeira justificou o pedido com as revelações de que o advogado Carlos Zucolotto Júnior, amigo pessoal do juiz Moro, foi contratado pelo escritório do advogado Rodrigo Tacla Durán, que é investigado pela Lava Jato.

"O advogado Tecla Duran, que trabalhou para a Odebrecht , acusa o advogado Carlos Zucolotto Junior de vender facilidades no âmbito da Lava Jato. Ele teria mediado acordos de delação premiada prometendo mudança no regime de prisão, de fechado para domiciliar, e diminuição da multa, de R$ 15 mil para R$ 5 mil. Zuccoloto é sócio da esposa do juiz Moro, Rosangela Moro, que aparece ao lado dele em um relatório da Receita Federal entre os advogados que receberam honorários por prestar serviços ao escritório de Tecla Duran", disse Teixeira.

"O juiz Moro deu um passo muito grave quando ele próprio saiu em defesa do advogado, que chamou de 'amigo pessoal'. Para ele o delator não mereceria ser ouvido. Todos nós queremos combater a corrupção, um problema que hoje penetra todos os poderes: executivo, legislativo e judiciário. Acredito que nesse caso o juiz Moro deve se afastar do processo da Lava Jato e pedir investigação dessas denuncia graves. A investigação pode continuar sem ele, que não é o único juiz desse país", acrescentou o deputado.