Deputado governista nega derrota do Executivo em reprovação ao voto aberto na eleição da Mesa Diretora - WSCOM

menu

Política

28/12/2018


Deputado governista nega derrota do Executivo em reprovação ao voto aberto na eleição da Mesa Diretora

Imagem ilustrativa / Sessão na Assembleia Legislativa da Paraíba

Um dos deputados da base governista a votar contrário, nesta sexta-feira (28), a proposta de voto aberto nas eleições da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Ricardo Barbosa (PSB) negou que a reprovação da matéria, sofrida nesta sexta-feira (28), em plenário, tenha sido retaliação ou derrota imposta ao Poder Executivo.

Segundo Barbosa, o projeto não chegou a Casa em regime de urgência urgentíssima, como costuma-se ser quando se trata de matérias de interesse do Poder Executivo, e integrou a Ordem do Dia de votação por meio de projeto de Resolução, de autoria do líder do Governo na ALPB, Hervázio Bezerra (PSB).

“Se fosse para cumprir o rito normal, nem deveria ter sido apreciado hoje. Mudança no Regimento carece de uma série de tratativas internas, de cinco dias de prazo para apresentação de emendas e só depois disso, ele poderá ser colocado em discussão e votação”, pontuou.

O deputado continuou: “De nossa parte, o pensamento é unânime e uníssono de que somos integrantes e convergentes dos propósitos do governo. Essa é uma deliberação inata da Casa Legislativa. Decidir sobre o Regimento não compete ao Poder Executivo ou nenhum outro ente. É uma prerrogativa da Casa e assim foi feito. A absoluta maioria, mais de dois terços entenderam que merecemos continuar balizados pela Constituição Federal, que diz que a eleição da Mesa Diretora do Senado e da Câmara merece continuar em escrutínio secreto”, concluiu.


Por Redação / Portal WSCOM