Depoimento de sócio de Marcos Valério na CPI dos Correios é adiado - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

09/08/2005


Depoimento de sócio de Marcos

O depoimento de Cristiano Paz, sócio do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, foi adiado para esta quarta-feira. Paz, que detém participação na agência SMPB, seria ouvido hoje às 11h30 na CPI dos Correios, mas solicitou o adiamento, já que seu advogado é o mesmo de seu sócio, que depõe hoje, também às 11h30, mas na CPI do “Mensalão”.

A sessão da CPI dos Correios foi agitada nesta manhã. Um dos integrantes, a deputada federal Zulaiê Cobra (PSDB-SP), não poupou críticas ao presidente da Câmara, Severino Cavalcanti (PP-PE), que ontem não enviou ao Conselho de Ética o pedido de cassação dos deputados José Dirceu (PT-SP) e Sandro Mabel (PL-GO).

Cavalcanti afirmou que a decisão obedeceu à ordem cronológica da apresentação dos pedidos de processo à Mesa Diretora da Casa e criticou o presidente do Conselho, deputado Ricardo Izar (PTB-SP), que defendia a abertura imediata dos processos contra Dirceu e Mabel.

Para Zulaiê, os deputados têm que parar de se preocupar com as CPIs e voltarem suas atenções ao Conselho de Ética para fazer com que trabalhe de segunda e sexta-feira. Ela classificou como uma “palhaçada” a atitude de Cavalcanti, por não ter dado prosseguimento ao processo de cassação de Dirceu e Mabel.

O Conselho de Ética, ao contrário das CPIs, tem poder para cassar os parlamentares. Por isso, argumenta Zulaiê, ele deveria demandar mais atenção dos parlamentares.

Notícias relacionadas