Delúbio garantiu que Dirceu sabia de empréstimos, diz Valério - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

09/08/2005


Delúbio garantiu que Dirceu sabia

O empresário Marcos Valério Fernandes disse que tomou como ” garantia financeira ” para os empréstimos ao PT, a informação do ex-tesoureiro Delúbio Soares de que o partido tinha arrecadação anual de R$ 50 milhões e ” ia aumentar ” . Afirmou ainda que o ex-ministro José Dirceu sabia dos empréstimos. ” Ele não me deu aval, mas o Delúbio me disse que tinha a garantia. ”

Na CPI mista do Mensalão, Valério disse que não participou da campanha eleitoral de 2002.

Ele informou que, além das garantias do ex-tesoureiro, acreditou que não teria problemas em receber o dinheiro do PT, porque os bancos Rural e BMG passaram a renovar os empréstimos, ” sem cobrar juros ” .

” Eu tentei ajudar meus amigos, e hoje eu sei que não foi da maneira mais certa. Não tentei comprar ninguém, só tentei ajudar ” , disse.

Valério fez um mea culpa: ” Não sinto nenhum prazer naquilo que fiz ” , disse, referindo-se aos empréstimos ao PT. ” Me custou muito caro, à minha vida pessoal e à minha família. Se pudesse, voltaria atrás. ”

Ele disse ainda que considera ter errado. ” Errei e peço desculpas ” , repetiu. E tentou ainda defender parlamentares envolvidos nas denúncias. ” Vejo deputados, hoje, rotulados de corruptos, de ladrões, e eu sinceramente me arrependo do que fiz, mas não comungo com esses rótulos”, afirmou. ” Não considero as pessoas com quem me relacionei, nem corruptos nem ladrões. ”

Valério completou: ” Nunca dei nenhum centavo a nenhum ministro, a nenhum presidente da República. “

Notícias relacionadas