Defesa pede que Lula vá ao enterro do neto, morto hoje por meningite - WSCOM

menu

Brasil

01/03/2019


Defesa pede que Lula vá ao enterro do neto, morto hoje por meningite

Foto: autor desconhecido.

Os advogados do ex-presidente Lula entrou na Justiça para pedir que o petista possa deixar a prisão em Curitiba e compareça ao enterro do neto, Arthur Araújo Lula da Silva, de 7 anos, como prevê a legislação. Arthur morreu de meningite nesta sexta (1º) em um hospital em Santo André, no ABC paulista.

Com o pedido, o Judiciário mais uma vez será testado, visto que na morte do irmão, Vavá, Lula foi impedido de deixar a sede da Polícia Federal para o funeral. O direito do detento de comparecer ao enterro de um parente está previsto na Lei de Execução Penal.

A família pretende fazer o velório e o enterro na tarde do sábado 2 para que haja tempo suficiente de Lula se deslocar até São Paulo. Arthur é filho de Marlene Araujo Lula da Silva e Sandro Luis Lula da Silva, filho do ex-presidente e da ex-primeira-dama Marisa Letícia.

Brasil 247